Nossa cidade - Nova Londrina

Nossa cidade - Nova Londrina
A Rainha do Noroeste do PR

quarta-feira, 3 de março de 2010

Nova Londrina "sexagenárioo" 60 anos de história - 01/08/2010


"O SONHO DOS FUNDADORES 
SE REALIZA"




Município de Nova Londrina
"Rainha do Noroeste"

MunicípioNova Londrina
Unidade federativaPR  (18 )
EstadoParaná
Cep Inicial87970000
Cep Final87970000
Latitude-22,7500
Longitude-52,9800
Altitude400
Area KM²269,6
Codigo Correios6368
Codigo IBGE17107
População: Censo Demográfico IBGE
1996
Masc
1996
 Fem
1996
Total
2007
Total
%
Variação
660166621326312619-4,86%
  
Brasão de Nova Londrina
Bandeira de Nova Londrina
BrasãoBandeira
Hino
Aniversário15 de Março
Fundação1951
Gentíliconova-londrinense
Emancipação Política   1956
PrefeitoDornelis José Chiodelli (DEM)
(2009 – 2012)
Localização
Localização de Nova Londrina
22° 45' 57" S 52° 59' 06" O22° 45' 57" S 52° 59' 06" O
Unidade federativaBandeira do Paraná.svg Paraná
MesorregiãoNoroeste Paranaense IBGE/2008 [1]
MicrorregiãoParanavaí IBGE/2008 [1]
Região metropolitana
Municípios limítrofesDiamante do Norte, Itaúna do Sul, Marilena, Loanda, Guairaçá e estado de São Paulo.
Distância até a capital575km km
Características geográficas
Área269,389 km²
População12.898 hab. est. IBGE/2009 [2]
Densidade49,7 hab./km²
Altitudem
ClimaSubTropical Cfa
Fuso horárioUTC-3
Indicadores
IDH0,762 médio PNUD/2000 [4]
PIBR$ 114.491 IBGE/2005 [3]
PIB per capitaR$ 8.566,00 _pib_per_capita = IBGE/2005 [3] {{{data_pib_per_capita}}}
Nova Londrina é um município brasileiro do estado do Paraná. Faz fronteira com os municípios de Diamante do NorteItaúna do SulMarilenaLoandaGuairaçá e com o estado de São Paulo. População estimada em 12.933 habitantes em 2008.



Plantação de café 1955

          O nome Nova Londrina adveio porque os proprietários da colonizadora (Armando Valentin Chiamulera e Silvestre Dresch) eram da cidade de Londrina. O loteamento e a colonização esteve a cargo da Companhia Imobiliária Nova Londrina.
        Os primeiros moradores começaram a chegar em 1951. Palmira Eringer Hoste, conhecida como “Maria Mulata”, é considerada como a primeira moradora da cidade.



Hino do município de Nova Londrina
Letra por Vera Vargas
Melodia por Sebastião Lima

Donde surgiste terra adorada,
De cujo amigo um lindo poema
Da selva e pesca tem terra amada
Como o Rio Paranapanema;

O Rio Tigre, qual sentinela;
Do teu passado e do teu porvir!
És testemunha da história bela;
Que seu nome fez assim pungir.

Amor e esperança, coragem e ação;
Arrojo e segurança são marcas do teu chão;
Teu rubro sobre o seio, traçado com ardor;
Ao sangue do pioneiro, e a mão do criador.

Quanta beleza por estas matas;
Ao som que seja o rubro café;
Das tuas glebas em que retrata;
Que o povo heróico trabalha em pé;
Teu peito jovem que nos fascinam;
Mais jovem belo sempre será!
Prossegue em frente Nova Londrina
Estrela de ouro do meu Paraná.



 OS PIONEIROS DE NOVA LONDRINA, ESTADO DO PARANÁ - BRASIL

          São os Fundadores da Cidade: Silvestre Dresch; Armando Valentim Chiamullera; Leopoldo Lauro Bender; Ewaldir Bordin e Salim Zaidam.


          Pioneiros: Albino Mezzaroba; Albino Roman; Albino Sachetti; Arcino Chiamullera; Alécio Tomazoni; Alfeu Franco Furtado; Angelo Pontim; Angelo Sarto; Anselmo Rigo; Antonio Bogoni; Antonio Bortolini; Antonio Casques; Antonio Henrique Faria Filho; Antonio Perez Sanches; Antonio Ormeneze; Antonio Rosinski; Arduino Raschietti; Argeu Mendes; Aristides Martello; Arlindo Santin; Arnaldo Hass; Arno Ravache; Armando Valentim Chiamullera; Arthur de Almeida; Avelino Antonio Colla; Avelino Veit; Benedito Pereira de Lima; Benjamim Raizer; Bruno Veit; Carlos Antonio Ghering; Carlos Kriger; Ceslau Zielonka; Cinilio Franco de Oliveira; Dino Ceratt; Domingos Faganello; Edmundo Grabowski; Eduardo Barbosa; Edvino Maldener; Elias Santos; Elkina Veit; Ernesto Longo; Eugênio Chulz; Eugenio Stanghrelin; Ewaldir Bordin; Fioravante José Montanher; Francisco Caires; Francisco Redana; Francisco Scherer; Frederico Valle; Fritz Dona; Gastone Balduzzi; Geraldo Decker; Halim Maaraoui; Hilario Zillio; Isidoro Bisinella; João Belinaso; João Brandalise; João Carlesso; João Daltoso; João de Deus Costa; João Leitner; João Montovani; João Mezzaroba; João Pontin; João Soares Fragoso; João Venâncio da Rocha; Joaquim Domingues Ferreira; José Abelarde de Barros Alcântara; José Bedin;

Pe. José Caires; José Cardoso de Campos (Pai do Negreto); José de Deus Costa; José Fernandes; José Gauzer; José João Budel; José Leitner; José Mestriner; José Pasa; José Raymundo; José Rocha Neto; José Ruiz Hidalgo; José Venâncio; Júlio Antonio de Mattos; Julio Rinaldo Tesser; Lauro Garcia do Amaral; Leopoldo Lauro Bender; Luiz de Deus Costa; Luiz Paviani; Luiz Tinei; Manoel Bono Rodrigues; Marcos de Santi; Marino Dante Tedeschi; Mario Pasa; Maio Rill; Martinho Franzener; Maximiliano Bertasi; Miguel de Oliveira Caires; Mohamad Abdala Kadri; Narciso Santin; Olindo Mestriner; Olivier Grendene; Ondina Cureau Giaccobo; Oscar Müller; Osvaldo Madaloso; Palmira Heringer Horsths (Mulata); Pedro José Machado; Pedro José de Souza; Pedro Olivo; Pelazio Zemiro Ciesca; Primo Bisinella; Rames Sassin; Ricardo José Dona; Romeu Barbosa de Souza; Rosalvo de Souza Dourado; Sabino Bisinella; Salim Saidan, Sauer Salum; Sebastião de Deus Costa; Sebastião do Nascimento Lopes; Sergio Barbosa da Silva (pai do Zezinho); Severino Pedro Troian; Silvestre Dresch; Sodalio Cardoso; Sperandio Batistelli; Theobaldo Augusto Werlang; Valdemar Picolli; Valdomiro Ferreira de Siqueira (Primeiro Coletor); Valdomiro Simeão Rodrigues; Vicenz Franz Westerkamp; Winfried Thaler; Estéfano Shanhuk; José Katarinhuk; Octávio de Pauli; Alcindo Pinto de Arruda; José Bolivar Garcia Lellis; Vicente Garcia Lellis; Vicente Soares Leite (Sogro do Prefeito João Fernandes de Almeida) e Daniel Cardoso dos Santos.


         Que os demais pioneiros sintam-se homenageados pela lista acima mencionada.
Foto de trabalhadores chegando em Nova Londrina


Primeiro empreiteiro de Nova Londrina
Ilustre morador da SANGRA SECA


Vicente Soares Leite

          Nascido em 25 de abril de 1912 – quinta-feira, Crato/CE; signo – touro; Religião – Evangélico – Igreja Congregação Cristã no Brasil. Falecido em 31 de agosto de 1994, Segunda-feira, (aos 82 anos de idade) na cidade de Monte Negro/RO, onde está sepultado.

          Filho de: Antônio Soares Primo – nascido em Aurora/Ce, fazendeiro em Crato/CE, faleceu aos 62 anos de idade; Mãe: Alexandrina Marcelino do Amor Divino Leite (falecida aos 96 anos de idade), sepultada no Cemitério Municipal de Nova Londrina, Estado do Paraná.

          Foi Casado com Francisca Soares Feitoza (Doquinha – falecida em 19/12/1989), sepultada em Cabixi/RO; Residiram por longos anos na Sangra-Seca, zona rural de Nova Londrina/PR.

Tiveram filhos legítimos, de criação e Um adotivo:



Três filhos falecidos, ainda bebês: Wallacy, Osther e Neide; Dez vivos: Lêda; Abraão; Iêda; Antônio; Osmídio; Nêda; Mêda (Preta); Cirema; Uêda e Eda (Edinha). O filho adotivo: Elias Soares Leite. Filhos de criação – Nenê e Maria de Campos.

          
          Foi Enfermeiro por 05 anos no Estado do Ceará.; foi o primeiro empreiteiro de Nova Londrina – Paraná – que a frente de 40 homens, dedicou-se à empreita de abrir as ruas, tudo na base da foice, do facão, do machado e da enxada; Foi lavrador, Sitiante; Foi delegado nos municípios de Nova Londrina/Pr e Marilena/PR.

Foto de Palmira Eringe Horsth
(Maria Mulata) 
Os primeiros moradores
começaram a chegar
em 1951,
Palmira Eringe Horsth,
conhecida como
“Maria Mulata”,
é considerada como a
primeira moradora da cidade,
Abriu o primeiro
Restaurante e a primeira Pensão
de Nova Londrina.

Histórico da cidade


Casa que foi Queimada no conflito de terras da região (Areia Branca do Tucum)
Em meio à História do Estado do Paraná, são raros e imprecisos os dados relativos as primeiras notícias de povoamento e colonização da localidade onde se encontra a cidade de Nova Londrina. Sabe-se contudo, que desde antes do ano de 1930, existiu um “picadão” que partindo do Porto São José, no rio Paraná, nos limites do Mato Grosso do Sul, cruzava as terras circundantes do atual município de Nova Londrina para atingir a fazenda Montoya local onde se encontra a cidade de Paranavaí.
filhos do prof. Osmar Fernandes

De acordo com as informações obtidas em 1947, alguns sertanejos se instalaram na localidade mais tarde denominada Património Marilena situado na gleba Paranapanema, distante quatro quilômetros da atual sede de Nova Londrina e oitenta da sede municipal de Paranavaí.

Objetivando a extração e aproveitamento das madeiras de lei abundantes na região, e a exploração de suas terras férteis e ubérrimas no período de 1947 a 1950, estabeleceu-se ali a empresa imobiliária Terras e Colonização Paranapanema LTDA foi desmembrada e vendida parte para a Imobiliária Nova Londrina LTDA e parte para a empresa Colonizadora Marilena LTDA, cujo os titulares eram André Luiz Volpato, Amadeu Deniz, Antenor Borba, Índio Brasileiro Borba, e José Abelardo Barros Alcântara.

A primeira grande derrubada de que se tem notícia foi feita na fazenda Amapuvo. A segunda derrubada procedeu-se na Serraria Areia Branca, de Loureiro Junior LTDA. A terceira derrubada se deu num lugar chamado Rancho Alegre, depois Fazenda Santa Helena.

filhas do prof. Osmar Fernandes
No período de quatro anos, a partir de 1947, existiam quatro posseiros, Henrique Palma estabelecido na margem do picadão no Ribeirão Areia Branca do Tucum, José Nitche mais ao interior, Domingos de Tal, a margem do Ribeirão do Tigre e Anastácio Belo que possuía uma derrubada na Areia do Tucum mas lá não residia.

Entretanto como os primeiros colonizadores oficiais das terras que constituem hoje o território de Nova Londrina devem ser considerados José Volpato e sua família que eram proprietários de uma área de 25.000 alqueires de terras, situadas dentro da Areia Branca do Tucum as margens do rio Paraná, nas proximidades do Porto São José.

Foi portanto a família Volpato que abriu as primeiras picadas na mata virgem, colocando Marilena, depois Nova Londrina em contato com os demais centros civilizados do Norte Paranaense e, por seu intermédio, dos núcleos nascentes de Loanda, Santa Isabel do Ivaí e Santa Cruz do Monte Castelo.

Fundação

A partir de 1950, com o espantoso desenvolvimento de Paranavaí, elevado a distrito em 11 de março de 1949, as terras das diversas regiões do novo progressista distrito passaram a ser grandemente solicitadas.
Paranavaí
Entusiasmado pela procura impressionante das terras da região, um grupo de colonizadores de Londrina, resolveu fundar a Imobiliária Nova Londrina LTDA, com o fim de lotear e colonizar a gleba Paranapanema e terras adjacentes localizadas no então distrito de Paranavaí, município de Mandaguari.

Figuravam como diretores da empresa imobiliária, os senhores: Silvestre Dresch, Armando Valentim Chiamulera, Leopoldo Lauro Bender, Ewaldir Bordin e Salin Zaidan.



A firma foi imediatamente registrada a junta comercial do Paraná sob 19.884 em 3 de agosto de 1950. Entretanto somente em outubro de 1951 é que formam dados os primeiros passos efetivos para o início da colonização.

Apesar dos esforços envidados só em 1951 é que efetivou o lançamento dos trabalhos preliminares do povoamento. Diversas casas foram construídas pela companhia, o que lhe permitiu considerar fundada a nova cidade.
Assim, ficou sendo considerado a data oficial de fundação de Nova Londrina o dia 20 de outubro de 1951, pelos fundadores e, 20/10/1952 pelos políticos de Paranavaí. A companhia foi conseguindo trazer colonos de todos os rincões do Brasil, não tardando também aparecem os primeiros imigrantes estrangeiros interessados em ali se estabelecer-se.

Mas um exemplo do que ocorreu em outras terras situadas na Colônia de Paranavaí, avidamente procuradas, pelas ótimas qualidades e pela posição geoeconômica não tardaram também, a surgir questões entre posseiros e litígios entre pretensos e legítimos donos da terra.

Foi assim que, que em 1952 no local mais tarde denominado Casa queimada, nas proximidades da Areia Branca do Tucum onde se disputavam os direitos João Alves da Rocha Loures e José Volpato, foram incendiadas as propriedades, choques armados tiveram lugar e a região durante muito tempo, foi palco de dolorosos acontecimentos.


Pelas mesmas razões, nas proximidades do quilômetro 64, gleba 16 da Colônia de Paranavaí, onde a disputavam direitos de posse, Pedro Mariucci, de Cornélio Procópio e a Companhia Brasileira de Imigração e Colonização “COBRIMCO”, novos choques armados tiveram lugar.

Ambas as contendas, porém foram prudentemente acalmadas pelos órgãos competentes da justiça que, interferindo na luta fizeram serenar os ânimos, resolvendo a questão e pondo termo à luta.

Enquanto eram travados acirradamente no âmago do sertão, visando à posse da terra, quando grupos se digladiavam de armas em punho, novas e numerosas levas de colonos e trabalhadores afluíam à gleba, procurando comprar “datas” no maior e mais movimentado êxodo rural já verificado em plagas brasileiras.

Paulistas, nordestinos, gaúchos, catarinenses e até imigrantes europeus contribuíram com expressivos contingentes para a colonização e formação de Nova Londrina.

"ONDE O SONHO COMEÇOU"



Vídeo feito em 1951 pela "Colonizadora Nova Londrina - Ltda" e que era reproduzido nos cinemas do Brasil com o objetivo de trazer colonizadores para Nova Londrina-PR
Vídeo de 1951 ref a hist de NovaLondrina -
1ª parte - http://www.youtube.com/watch?v=Tg8glvhiiEc
2ª parte - http://www.youtube.com/watch?v=Sblgasmmwck


Fontes:
http://www.youtube.com/watch?v=Tg8glvhiiEc&feature=PlayList&p=12648997489D905B
http://www.youtube.com/watch?v=Sblgasmmwck&feature=PlayList&p=12648997489D905B

Vereador Alfredo Loureiro Júnior


         Representante do Distrito de Nova Londrina - 1952

         Ver. Alfredo Loureiro Júnior - Empossado vereador na 1ª legislatura da Câmara Municipal de Paranavaí em 14 de dezembro de 1952, para exercer mandato, gestão: 1952/1956.

Sub-Prefeito Edmundo Grabowski

 Sub-Prefeito de Nova Londrina - Sr. Edmundo Grabowski 


 Gestão 30/08/1953 a 06/01/1956


O Distritito Administrativo de Nova Londrina foi criado pela Lei Municipal nº. 13 de 05 de agosto de 1953, com sede no povoado do mesmo nome, no município de Paranavaí, quando era prefeito o médico José Vaz de Carvalho.
Com a elevação de Nova Londrina a condição de Distrito, o Prefeito de Paranavaí nomeou para seu Sub-Prefeito o Sr. Edmundo Grabowski, que ficou no cargo até a posse do primeiro prefeito eleito, o Sr. Avelino Antonio Colla. Assim, a Instalação do Municpipio de Nova Londrina, deu-se em 06 de janeiro de 1956.
Pela Lei Estadual nº. 253, de 26 de novembro de 1954, aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado Paraná que elevou o Distrito de Nova Londrina à categoria de Município. Era o Presidente da Assembleia Legislativa do Paraná o Deputado Sr. Laertez Munhoz.
O primeiro vigário da Paróquia de Nova Londrina foi o padre José Bevilácqua, que com seu trabalho ajudou a fazer a história do povo nova-londrinense.

O nome dado à cidade é uma homenagem à cidade paranaense de Londrina, considerado um dos maiores fenômenos em termos de colonização em todo o país.

Nova Feminino substantivo de “novo”, que se origina do latim “novu”, e refere-se à novidade, vida nova, notícia de pouco tempo, recente. (ABHF). Londrina do adjetivo “londrina”. Vem do termo “Londres” que é de origem céltica, no latim “Londinium”.

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Nova Londrina, pela lei estadual n.º 253, de 26-11-1954, publicada no Diário Oficial do Paraná, em 02/12/1954, desmembrado de Paranavaí, Sede no atual distrito de Nova Londrina (ex-povoado). Constituído de 2 distritos: Nova Londrina e Marilena, desmembrado do município de Paranavaí. Instalado em 07-01-1956.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 2 distritos: Nova Londrina e Marilena.

Pela lei estadual n.º 3554, de 07-02-1958, é criado o Distrito de Itaúna do Sul (expovoado) e anexado ao município de Nova Londrina.
Pela lei estadual n.º 3715, de 20-06-1958, é criado o distrito de Diamante do Norte, desmembrado do distrito de Itaúna do Sul e anexado ao município de Nova Londrina.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 4 distritos: Nova Londrina, Diamante do Norte, Itaúna do Sul e Marilena.
Pela lei estadual n.º 4338, de 25-01-1961, desmembra do município de Nova Londrina o distrito de Itaúna do Sul. Elevado à categoria de município.
Pela lei estadual n.º 4552, de 10-11-1962, é criado o distrito de Cintra Pimentel e anexado no município de Nova Londrina.
Pela lei estadual n.º 4788, de 29-11-1963, desmembra do município de Nova Londrina o distrito de Diamante do Norte. Elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Nova Londrina, Cintra Pimentel e Marilena.
Pela lei estadual n.º 5678, de 19-10-1967, desmembra do município de Nova Londrina o distrito de Marilena. Elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 2 distritos: Nova Londrina e Cintra Pimentel.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 14-V-2001.


Gentílico: nova-londrinense


1ª LEGISLATURA DO MUNICÍPIO DA CIDADE DE  NOVA LONDRINA/PR - 07/01/1956 a 06/01/1960




          1ª Legislatura Municipal de Nova Londrina, posse conforme ata lavrada na sessão solene de 07 de janeiro de 1956



              Primeiro Prefeito Eleito do Município de Nova Londrina, Noroeste do Estado do Paraná, pelo partido Social Democrático (PSD), com 578 votos, para gestão: 07/01/1956 a 06/01/1960, Prefeito Avelino Antonio Colla - mandato de 4 anos


Gestão: 07/01/1956 a 06/01/1960 (data corrigida - conforme ata de posse)

Prefeito Avelino Antonio Colla
Vice-Prefeito - (não tinha)

Vereadores:

Sodalio Cardoso
Julio Antonio de Matos
Ceslau Zielonka
José João Budel
Manoel Martins
Maximiliano Bertasi
Alfio Borghi
Felinto de Souza Freire
Antonio Scandelari

Suplente de vereador que assumiu vaga:

Sebastião do Nascimento Lopes
1ª Mesa Diretora do Legislativo Municipal gestão 1956/1957

Presidente Ver. José João Budel - 1956/1957 e 1959 a 06/01/1960


Mesa Diretora - Gestão 1956/1957
Presidente - Ver. José João Budel (PR)
Vice-Presidente - Ver. Antonio Scandelario (PSD)
1º Secretário - Ver. Sodálio Cardoso (PR)
2º Secretário - Ver. Maximiliano Bertazi (PSD)

Mesa Diretora gestão 1958

Presidente - Ver. Sebastiao do Nascimento Lopes (PSD)
Vice-Presidente - Ver. José João Budel (PR)
1º Secretário - Ver. Ceslau Zielonka (PR)
2º Secretário - Ver. Antonio Scandelario (PSD)

Presidente da Câmara - gestão: 1959 a 06/01/1960 -  Ver. José João Budel (PR)


           O Presidente do Poder Legislativo de Nova Londrina, Ver. José João Budel, assumiu interinamente o cargo de Prefeito, de 22 de dezembro de 1956 a 16 de janeiro de 1957 - 26 dias de mandato. Esse fato ocorreu por solicitação de licença a pedido do prefeito Sr. Avelino Antônio Colla, que precisou ausentar-se por mais de quinze dias do município.

Foto 2010 - no lançamento do livro de Nova Londrina

          Primeira Eleição Municipal de Nova Londrina dia 03 de outubro de 1955:


Para Prefeito e Vereadores - p/gestão: 07/01/1956 a 06/01/1960

Candidatos à prefeito:

1 - Avelino Antonio Colla (PSD) - 578 votos - 1º prefeito eleito
2 - Antonio Bogoni (PR) - 539 votos - não leito

Soma Geral 1.117 votos
Votos em branco 42 votos
Total de votos válidos 1.159 votos
Votows nulos 7 votos

Total de votantes 1.166 votos

Para a Câmara Municipal de Vereadores - 9 cadeiras

Legendas:

Partido Republicano (PR) - total 496 votos - direito a 5 cadeiras
Partido Social Democrático - (PSD) - total - 419 votos - direito a 4 cadeiras

Total de votantes para vereadores - 915 votos

Vereadores Eleitos do Partido Republicano (PR):

1 - Sodalio Cardoso 105 votos
2 - Julio Antonio de Matos 74 votos
3 - Ceslau Zielonka 70 votos
4 - José João Budel 62 votos
5 - Manoel Martins 57 votos


Suplentes:

1 - Luiz Farina 56 votos
2 - José Cardoso Campos 39 votos
3 - Arcino Chiamulera 33 votos

Total de votos de legenda 496 votos

Vereadores eleitos do Partido Social Democrático (PSD):

1 - Maximiliano Bertazi 77 votos
2 - Alfio Borghi 75 votos
3 - Felinto de Souza Freire 69 votos
4 - Antonio Scandelari 57 votos

Suplentes:

1 - Sebastião do Nascimento Lopes 50 votos
2 - Valdemar Simão Rodrigues 46 votos
3 - Plínio Bender 45 votos

Total dos votos de legenda 419 votos

Obs.: "Reunião de Instalação do Município de Nova Londrina/PR, aconteceu dia 07 de janeiro de 1956, no Edifício do Cine Glória - Era o Presidente da Câmara Municipal - Ver. José João Budel."

O lendário Zé do Bode
Obras do Prefeito Avelino Antonio Colla:

- Construção do Grupo Escolar Arthur Bernardes;
- Instalação do Ginásio Estadual de Nova Londrina;
- Instalação da Escola Normal Regional Romeu Barbosa de Souza;
- Construiu 36 escolas na cidade de Nova Londrina e seus Distritos: Diamante do Norte, Itaúna
do sul e Marilena;
- Instalação da Usina Termelétrica 200 KWA de potência, etc.


2ª LEGISLATURA DO MUNICÍPIO DA CIDADE DE  NOVA LONDRINA/PR - 06/01/1960 a 06/01/1964

          2º Prefeito Eleito (Candidatura Única), pelos partidos coligados: PSD - PTB - PR e UDN, com 1857 votos, para a gestão: 06/01/1960 a 06/01/1964 - Prefeito João Soares Fragoso - mandato de 4 anos

          2ª Legislatura Municipal - gestão 06/01/1960 a 06/01/1964


Prefeito João Soares Fragoso
Vice - Prefeito (não tinha)

Vereadores:

Dr. Olivier Grendene
Lauro Garcia do Amaral
Felinto de Souza Freire
Jose Marques de Macedo
João Miranda
Daniel Cardoso dos Santos
Joaquim Prudêncio do Carmo
Ceslau Zielonka
Geraldo Maffei

Ocuparam cargos de Presidentes do Poder Legislativo Municipal de Nova Londrina:

Vereador João Miranda dos Santos - gestão 1960
Vereador Geraldo Maffei - Gestão 1961
Vereador Ceslau Zielonka - Gestão 1962
Vereador José Marques de Macedo - gestão 1963

Principais obras de sua Administração:

- Construção de doze prédios escolares de madeira na zona rural;
- Construção da Praça Romeu Barbosa de Souza;
- Elaboração de projetos globais de galerias para combate à erosão e para a rede de energia Elétrica;
- Construção de fábrica de artefatos de cimento municipal;
- Instalação e funcionamento da agência de correios;
- Construção de residências para o Promotor e Juiz de Direito, com recursos da comunidade;
- Aquisição de uma Moto-niveladora e de um trator de esteiras (vindo da Alemanha Ocidental.)

Resultado da eleição:

Eleições para o poder Legislativo e Executivo do Município de Nova Londrina, realizada em 04 de outubro de 1959

P/ Prefeito: (Candidatura Única)
Candidato:

Sr. João Soares Fragoso - PSD - PTB - PR e UDN - obteve 1.857 votos
Votos brancos 448
Votos nulos 8
Votantes 2.313

P/ Vereador - Câmara Municipal
Legendas:

Partido Social Democrático (PSD) - 1.211 votos - direito a 5 cadeiras
Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) - 416 votos - direito a 2 cadeiras
Partido Republicano (PR) - 300 votos - direito a 1 cadeira
União Democrática Nacional (UDN) - 316 votos - direito a 1 cadeira
Votos brancos - 49
Total de votos válidos - 2.292
Votos nulos - 21
Votantes - 2.313

Vereadores Eleitos pelo PSD:

1 - Dr. Olivier Grendene - 252 votos
2 - Carlos Garcia do Amaral - 234 votos
3 - Felinto de Souza Freire - 154 votos
4 - José Marques de Macedo - 112 votos
5 - João Miranda - 106 votos

Vereadores Eleitos Pelo PTB:
1 - Daniel Cardoso dos Santos - 107 votos
2 - Joaquim Prudêncio do Carmo - 82 votos

Vereador eleito pelo PR:
1 - Ceslau Zielonka - 140 votos

Vereador Eleito pela UDN:
1 - Geraldo Maffei - 99 votos

Suplentes do PSD:

1 - Anselmo Rigo - 94 votos
2 - Waldemar Lebedesco - 86 votos
3 - Luiz Paviani - 79 votos
4 - José Raimundo - 52 votos
5 - Dr. Leocardio Santos - 23 votos
6 - Antonio Martins Plaza - 16 votos

Suplentes do PTB.:

1 - José Afonso dos Santos - 57 votos
2 - Otávio Martins Ferreira - 48 votos
3 - Martimiano Thomaz da Silva - 46 votos
4 - Julio Ramos da Silva - 42 votos
5 - José Cardoso Campos - 34 votos

Suplentes do PR:

1 - Benedito Bueno de Godói - 84 votos
2 - Antonio Rosinski - 39 votos
3 - José Rocha Neto - 25 votos
4 - Albino Feliz Roman - 12 votos

Suplentes da UDN:

1 - Martins Fortunato - 89 votos
2 - Ramez Wadih Sassim - 68 votos
3 - Clemente Alves de Souza - 35 votos
4 - Manoel Antonio de Almeida - 22 votos
5 - José Jacinto Rodrigues filho - 03 votos


3ª LEGISLATURA DO MUNICÍPIO DA CIDADE DE  NOVA LONDRINA/PR - 06/01/1964 a 31/01/1969

          3º Prefeito Eleito pelo Partido Democrata Cristão - PDC, com 2.604 votos, para a gestão: 06/01/1964 a 31/01/1969 - Prefeito Dr. Olivier Grendene - mandato de 5 anos e 25 dias

          3ª Legislatura Municipal - gestão 06/01/1964 a 31/01/1969




Prefeito Dr. Olivier Grendene
Vice-Prefeito (não tinha)

Vereadores:
Ary João Dresch
Otavio de Paoli
Ernesto Mazzotti
João de Souza
Avelino Antonio Colla
Waldemar Lebedenko
Dr. Sauer Salum
Darcy Molin
Mário Pilegi

Suplentes que Assumiram:

Dr. Pedro Paulo de Mello
Daniel Cardoso dos Santos

Ocuparam Cargos de Presidentes nessa legislatura:



Vereador Ary João Dresch - gestão 1964/1965
Vereador Ary João Dresch - gestão 1966
Vereador Dr. Sauer Salum - gestão 1967
Vereador Dr. Sauer Salum - gestão 1968


Principais obras de sua administração:

- Urbanização e combate à erosão urbana;
- Pavimentação de 31 mil metros quadrados de ruas, com asfalto, arborização de praças e vias públicas;
- Construção das praças: Praça e Parque Infantil Vicente Moreira e Praça Ary João Dresch;
- Construção de vários prédios públicos:
1 - Grupo Escolar Isolde Andreatta,
2 - Escola Marco De Santi,
3 - Paço Municipal,
4 - Estação rodoviária,
5 - Prédio da Telepar;

- Construção de ponte sobre o Rio Tigre;
- Estrada ligando Nova Londrina a Loanda;
- Instalação de Turbina para geração de Energia elétrica e a construção de três reservatórios de água (AGUANOVA);
- Instalações de serviços e órgãos tais como: Colégio Comercial, Agência do Banco do Brasil, Escritório do IBGE e a Instalação da Comarca de Nova Londrina - sendo este o marco de seu governo.






4ª LEGISLATURA DO MUNICÍPIO DA CIDADE DE  NOVA LONDRINA/PR - 31/01/1969 a 31/01/1973

4ª Legislatura e 4º Prefeito Eleito - Halim Maaraoui e Vice-Prefeito Oscar Tomazoni; 

          4º Prefeito Eleito pelo Partido da Aliança Renovadora Nacional - Arena n.º 02, com 1.965 votos, para a gestão 31/01/1969 a 31/01/1973

            Período que exerceu mandato: 31/01/1969 a 29/04/1969 

         (CASSADO SEU MANDATO PELO ATO INSTITUCIONAL "AI-5" DO GOVERNO FEDERAL - DITADURA MILITAR)


Poder Executivo e Legislativo, assim constituídos:
Prefeito - Halim Maaraoui
Vice-Prefeito Oscar Tomazoni

Vereadores:
Pela Arena

Moacir Gonçalves Ponce
Manoel Bono Rodrigues
Ary João Dresch
Teiki Tina
Sady Paviani
Dr. Alonso Canhetti Postigo
Licério Moreira da Silva
Arthur Ribeiro da Silva

Pelo MDB

Avelino Antonio Colla (MDB)

Suplentes que assumiram:

Américo Martins Antonio - Arena
Daniel Cardoso dos Santos - Arena
Raimundo de Oliveira - Arena

Ocuparam Cargos de Presidentes da Câmara Municipal de Vereadores durante a gestão da 4ª Legislatura: 31/01/1969 a 31/01/1973:


Vereador Moacir Gonçalves Ponce - gestão 1969
Vereador Sady Paviani - gestão 1970
Vereador Daniel Cardoso dos Santos - gestão 1971
Vereador Dr. Alonso Canhetti Postigo - 1972



Dr. Alonso (Vereador)

A história da cassação:

(O uso da Bandeira Libanesa em passeata da vitória das eleições e a exposição da mesma no gabinete do prefeito "Em cima de sua mesa", foi motivo suficiente para ser denunciado pelos seus adversários políticos à Ditadura Militar, o que desencadeou em processo de cassação de seu mandato. Foi acusado de comunista (...). Por isso, através do Ato Institucional AI-5, foi cassado seu mandato e seu afastamento do cargo de prefeito foi imediato.)


Fonte: Informações de políticos e eleitores desse período.

4ª Legislatura - Vice-Prefeito Oscar Tomazoni - Assumiu mandato em caráter provisório - 03/05/1969 a 04/08/1969 (data correta conforme ata de posse e de transmissão de cargo)

Vice-Prefeito Oscar Tomazoni - Arena 02, assumiu interinamente em caráter provisório a prefeitura Municipal de Nova Londrina, PR, devido à cassação do mandato do Prefeito  Halim Maaraoui (Ditadura Militar).

Gestão: 03/05/1969 a 04/08/1969 - Prefeito - Sr. Oscar Tomazoni

Era o presidente da Câmara Municipal de Vereadores
Ver. Moacyr Gonçalves Ponce - gestão 1969

4ª Legislatura Prefeito Interventor - Gestão 04/08/1969 a 31/01/1971 (Conforme ata de posse e de transmissão de cargo)


          Assumiu o Cargo de Prefeito Interventor - Dr. Sauer Salum, para o mandato de 04/08/1969 a 31/01/1971 (Conforme ata de posse e de transmissão de cargo).

          Ocuparam a presidência do Poder Legislativo Municipal nessa gestão:

Vereador Moacyr Gonçalves Ponce - gestão 1969
Vereador Sady Paviani - gestão 197

Obras de destaque de sua administração:

- Construção das escolas Ary João Dresch, Rodolfo Ravache e algumas na zona rural;
- Implantou 3 mil metros de galerias para combate à erosão;
- Melhorou o serviço de água, reperfurando os dois poços existentes;
- Construiu a ponte na estrada Nova Londrina/Paranavaí em convênio com o DER;
- Adquiriu para o Município a área onde hoje é o pátio de máquinas e fez toda a terraplanagem do local.


4ª Legislatura Eleição 15/11/1970 - somente para prefeito e Vice-Prefeito, para  gestão 31/01/1971 a 31/01/1973


PREFEITO ELEITO - MIGUEL DE OLIVIEIRA CAIRES e Vice-Prefeito - José de Oliveira Caires (Irmãos)

5º Prefeito Eleito pela Aliança Renovadora Nacional - Arena 02, - com 1.662 votos, para terminar a 4ª Legislatura, gestão: 31/01/1971 a 31/01/1973 -  
Prefeito - Sr. Miguel de Oliveira Caires, Vice-Prefeito - Sr. José de Oliveira Caires (irmãos) - Mandato - 2 anos

Ocuparam a presidência da Câmara Municipal durante essa gestão:

Vereador Daniel Cardoso dos Santos - gestão 1971
Vereador Dr. Alonso Canhetti Postigo - gestão 1972

Principais Obras de sua Administração:

- Construiu o Grupo Escolar Bento Mossurunga, no Distrito de Cintra Pimentel;
- Construiu a Biblioteca Pública Municipal Alípio Ayres de Carvalho;
- Assinou convênio com a Copel, etc.


5ª LEGISLATURA DO MUNICÍPIO DA CIDADE DE  NOVA LONDRINA/PR - 31/01/1973 a 31/01/1977

Candidatura Única - Prefeito Sady Paviani

6º Prefeito Eleito pelo Partido - Aliança Renovadora Nacional - Arena, com 2.175 votos, para a gestão: 31/01/1973 a 31/01/1977 - Prefeito - Sr. Sady Paviani, Vice-Prefeito - Sr. Edmir James Kuhl.

- mandato de 4 anos

5ª Legislatura: 31/01/1973 a 31/01/1977

Presidentes:

Ver. Prof. José Euclides Gimenez - gestão 1973/1974
Ver. João Celestino Pires - gestão 1975/1976
Vereadores:
Antônio Romão da Silva;
Geraldo Sellegrini;
João Celestino Pires;
João Fernandes de Almeida;
José Barbosa;
José Euclydes Gimenez;
Manoel Bono Belascuzas
Pedro Alci Simão;
Darcy Bertasi.

Nesta Legislatura, ocuparam cargos: José Euclydes Gimenez e João Celestino Pires (Presidência); João Celestino Pires e Pedro Alci Simão (Vice-Presidência); Manoel Bono Belascuzas e Darcy Bertasi (1.ª Secretaria) e José Barbosa e João Fernandes de Almeida (2.ª Secretaria). Era prefeito: Sr. Sady Paviani.

Principais Obras de seu mandato

- Instalação do SAMDE (Serviço Autônomo Municipal de Desenvolvimento de Nova Londrina, através do qual desenvolveu muitas obras de combate à erosão e pavimentação asfáltica em 60 mil metros quadrados de ruas;

- Construção do Pátio Municipal;
- Ampliação e reativação da fábrica de artefatos de cimento;
- Transferência de serviços para a SANEPAR;
- Extensão das redes de energia elétrica e água potável;
- Ampliação dos serviços da Telepar;
Construção da Praça da Matriz;
- Aquisição e instalação da Torre Repetidora de TV;
- Construção do prédio para a Delegacia e Cadeia Pública;
- Ampliação e construção de Muro do Estádio Municipal João Venâncio da rocha;
- Construção do Prédio do Fórum.




6ª LEGISLATURA DO MUNICÍPIO DA CIDADE DE  NOVA LONDRINA/PR - 01/02/1977 a 31/01/1983 (conf. ata de posse)


7º Prefeito Eleito pelo Partido - Aliança Renovadora Nacional - Arena 1, com 1.811 votos, para a gestão: 01/02/1977 a 31/01/1983 - (conf. ata de posse)
Prefeito - Dr. João de Alencar Barbosa, Vice-Prefeito - Sr. Arnaldo Augusto

- mandato de 6 anos






















Presidentes do Legislativo nessa gestão:

Ver. Prof. Manoel Bono Belascuzas - gestão 1977/1978
Ver. Arlindo Adelino Troian - gestões 1979/1980 e 1981/1982












Vereadores:
Osni Garcia;
Arlindo Adelino Troian;
Manoel Bono Belascuzas;
Francisco Carlos Antônio;
Gessé da Silva;
Ivanira de Lima Vale Bianchi;
João Celestino Pires
Armando Chiamulera;
Luiz Ravache.
Ver. João Fernandes de Almeida (1.º Suplente – Arena).
Ver. João Fernandes de Almeida, foi eleito 1º Suplente de Vereador (Arena), assumiu definitivamente o mandato de 1980 a 1983, por motivo de renúncia do Vereador Gessé da Silva.

Era prefeito: Dr. João de Alencar Barbosa.

Principais Obras de Sua administração:

- Implantação do Telefone Público no Distrito de Cintra Pimentel;
- Abertura da estrada Nova Londrina/Rosana-SP;
- Construção de 7 mil metros de galerias para águas pluviais;
- Construção da Praça dos Pioneiros;
- Construções de estacionamentos centrais na Avenida Londrina;
- Implantação de mais de 96 mil metros quadrados de pavimentação asfáltica e obras complementares como meio fio e sarjetas;
- Construção da quadra de esportes na Escola Normal;
- Construção de arquibancadas, alambrados, e cabine de rádio no Estádio Municipal;
- Construção do Ginásio de Esportes;
- Instalação da Caixa Econômica Federal;
- Instalação da Ciretran;
- Construção do prédio da Agência de Rendas;
- Construção do prédio da Câmara Municipal de Vereadores;
- Implantação do Conjunto Habitacional João Paulo II (180 casas)


O vendaval que assolou Nova Londrina em abril de 1981
             
Vendaval que se abateu em Nova Londrina em 27 de abril de 1981, durando pouco mais de um minuto, tempo suficiente para fazer um grande estrago na cidade, uma catástrofe. Felizmente houve somente danos materiais. Qual fênix a cidade se reergueu graças ao seu povo aguerrido, religioso... A ajuda de milhares de brasileiros e o apoio inconteste dos governos Municipal, Estadual e Federal, foram de grande valia para pôr novamente a cidade de pé.

Fotos do estrago que causou o vendaval:



7ª LEGISLATURA DO MUNICÍPIO DA CIDADE DE  NOVA LONDRINA/PR - 31/01/1983 a 31/01/1989

          8º Prefeito Eleito, pelo Partido PDS, com 2.955 votos, para a gestão: 31/01/1983 a 31/01/1989 -
Prefeito - Sr. Arlindo Adelino Troian, Vice-Prefeito - Sr. João Soares Fragoso -

Mandato de 6 anos


7ª Legislatura: 31/01/1983 a 31/01/1989

Presidentes do Poder Legislativo Municipal:

Ver. João Celestino Pires - biênio 1983/1984
Ver. Arnaldo Augusto - biênio 1985/1986
Ver. Idreno Gregório - biênio 1987/1988



Vereadores:

Arnaldo Augusto,
Idreno Gregório,
João Celestino Pires,
João Fernandes de Almeida,
Manoel Bono Belascuzas,
Valdelírio Siqueira Pimentel (Lilo), (PDS);
Armando Chiamulera,
Carlos Alberto Bender,
Luiz Flávio Ravache, (PMDB).

          Ocuparam cargos: João Celestino Pires e Arnaldo Augusto (Presidência); Manoel Bono Belascuzas e Idreno Gregório (vice-presidência); Idreno Gregório e Luiz Flávio Ravache (1.ª Secretaria); Carlos Alberto Bender e Manoel Bono Belascuzas (2.ª Secretaria).

Diretor da Secretaria da Câmara - Sr. Araki Morimatsu

Secretário Administrativos e Assesorias:

Secretaria Administrativa - Sr. Tarcísio Hilman;
Secretaria de Fazenda - Sr. João Soares Fragoso;
Secretaria de Obras, Viação e Serviços Urbanos - Sr. Nelson Batistello;
Departamento de Educação, Cultura e Esportes - Professoras: Shirlei Terezinha Roman Guedes; Ana Spinardi e Maria Rosa Pires.
Departamento de Saúde e Bem-Estar Soacial - Shirlei Terezinha Roman Guedes;
Assessoria Jurídica - Dr. José Lopes Pires;
Assessoria Contábil - Silvana do Carmo Lima

Em 1986 Nova Londrina tinha 13.585 habitantes, sendo 10.994 na área urbana.
Eleitores no Município 7.778;

Área do Município 275.348 Km2
Área urbana 3,73 Km2

1.995 Edificações Urbanas: incluindo Comércio, Indústria e residências;

Extensão das Estradas Municipais - 150 km;

Principais obras de sua administração:

- Construção do prédio para sede do 2º Pelotão da 2ª Cia. Policial Militar do 8º Batalhão ;
- Prédio da Ciretran;
- 45 mil metros quadrados de pavimentação asfáltica;
- Instalação do Consultório Odontológico Municipal;
- Implantação da Escola da APAE;
- Usina para produção de leite e farinha de soja (Vaca Mecânica);
- Instalação do Parque de Leilões - entregue a Sornova (Sociedade Rural de Nova Londrina);
- Construção de Vestiários e Sanitários no Estádio Municipal João Venâncio da Rocha;
- Construção do Muro do Cemitério Municipal - frente e um dos lados;
- Instalação da repetidora da TV Bandeirante;
- Manutenção dos Serviços de Corpo de Bombeiros;
- Manutenção de convênios do Serviço Militar, INCRA, Acarpa, Expedição de Carteiras Profissionais;
- Instalação da patrulha mecanizada.



8ª LEGISLATURA DO MUNICÍPIO DA CIDADE DE  NOVA LONDRINA/PR - 31/01/1989 a 31/12/1992

          9º Prefeito Eleito, pelo Partido PMDB, com 3.990 votos, para a gestão: 31/01/1989 a 31/12/1992 - Prefeito - Sr. Idreno Gregório, Vice-Prefeito- Sr.  Carlos Alberto Bender -
mandato de 3 ANOS E 11 MES

Candidatura Única para Prefeito


           O Prefeito Eleito - Sr. Idreno Gregório, recebeu seu diploma das mãos do Juóz Eleitoral - Bel. Walter Parzewski

Exerceram a presidência da Câmara nesse mandato:

Ver.Ivan Gouveia - 1989/1990
Ver. João Fernandes de Almeida - 1991/1992












Vereadores:

Ivan Gouveia - PFL;

Ademir Luiz Rosinski - PMDB - (suplente que assumiu)

Wilson de Abreu - PMDB;

João de Oliveira - PTB;

Arnaldo Augusto - PFL;

Euclides Kerntopf - PMDB;

João Fernandes de Almeida - PFL;

Manoel Bono Belascuzas - PFL;

Valdelírio Siqueira Pimentel - PFL


          (Vereador: Nelson Batistelli (Baco), foi mais votado candidato a vereador nessa eleição com 567 votos pelo partido PTB - renunciou ao mandato; Assumiu o Suplente de Vereador o Sr. Ademir Luiz Rosinski - PMDB).

          Secretário do Serviço Legislativo: Pedro Alci Simão.

          O Vereador João Fernandes de Almeida (PFL) foi integrante da Comissão de Sistematização como Relator Presidente da Lei Orgânica do Município de Nova Londrina em 1990 e Presidente da Câmara de Vereadores na gestão: 1991/1992.



9ª LEGISLATURA DO MUNICÍPIO DA CIDADE DE  NOVA LONDRINA/PR - 01/01/1993 a 31/12/1996

          10º Prefeito Eleito pelo Partido - PST, com 4084 votos, para a gestão: 01/01/1993 a 31/12/1996 - Prefeito - Sr. Waldir José Troian, Vice-Prefeito - Dr. Ivan Gouveia - mandato de 4 anos
















Ocuparam cargos de Presidentes do Poder Legislativo nesse mandato:

- Ver. Osmar Antonio Moreira - gestão 1993/1994

- Ver. Carlos Alberto Trindade - gestão 1995/1996

Vereadores:

Vereador PST CLAUDIO MANTUANI
Vereador PFL CARLOS ALBERTO TRINDADE
Vereador PTB MARIO PILEGI JUNIOR
Vereador PST OSMAR ANTONIO MOREIRA
Vereador PDT IVAN CHIAMULERA
Vereador PL VALDELIRIO SIQUEIRA PIMENTEL
Vereador PMDB LAERTE LOPES PEREZ
Vereador PMDB MARIA LUIZA DOS SANTOS BENDER
Vereador PDT ADEMIR LUIZ ROSINSKI

10ª LEGISLATURA DO MUNICÍPIO DA CIDADE DE  NOVA LONDRINA/PR - 01/01/1997 a 31/12/2000

          11º Prefeito Eleito pelo Partido - PDT, com 2.630 votos, para a gestão: 01/01/1997 a 31/12/2000 - Prefeito - Sr. João Fernandes de Almeida- PDT, Vice-Prefeito - Prof. Manoel Bono Belascuzas - PFL - mandato de 4 anos

Venceu as eleições com 14 votos de diferença!


O Prefeito João Fernandes de Almeida faleceu em 29/07/2000 (no exercício do mandato), - governando o Município por 3 anos, seis meses e vinte e nove dias.













Foto acima: Fernando Affonso Collor de Mello (Fernando Collor) – Presidente da República Federativa do Brasil, gestão: 15/03/1990 a 02/10/1992. Ver. João Fernandes de Almeida – Presidente do Poder Legislativo (01/01/1991 a 31/01/1993); Presidente do PRN do Município de Nova Londrina (PR); e, Deputado Federal (PR) – José Carlos Martinês. 


           (Fernando Affonso Collor de Mello foi eleito Senador da República Federativa do Brasil, gestão 2007 a 2014, Pelo Estado de Alagoas-AL)
                                          Prefeito João Fernandes e família


O Poder Legislativo Municipal, gestão: 1997 a 2000

Presidentes da Câmara nessa legislatura:

Ver. Mário Pilegi Júnior - gestão 1997/1998
Ver. Valdelírio Siqueira Pimentel (Lilo) - gestão 1999/2000




Vereadores:

Valdelírio Siqueira Pimentel (Lilo)
Valentim Amorilo São João - Kimba;
Sílvio Sebastião Dias;
Mairton Piva;
Mário Pilegi Júnior
Prof. Herculano Volpato;
Cláudio Mantuani;
Aguinaldo Fernandes (Sobrinho do prefeito)
Ver.ª Jane Zilio

Galeria de fotos do Legislativo Municipal
Gestão - 1997 a 2000

Sec. de Estado do Desenvolvimento Urbano, Lubomir Ficinski Dunim, Assessor do Dep Estadual Luiz Accorsi, prefeito João fernandes e seu motorista Talinho

PREFEITO JOÃO FERNANDES RECEBE O DEP FEDERAL ALEX CANZIANI SILVEIRA EM SEU GABINETE - NOVA LONDRINA/PR

          João Fernandes de Almeida, o prefeito que Criou o Carnaval de Rua de Nova Londrina, a maior festa popular da região noroeste do Estado do Paraná.

Repertório Biográfico:

Prefeito- Sr.  João Fernandes de Almeida

Profissão: Produtor Rural – Aposentado.
Escolaridade: Curso antigo de Admissão (básico); Autodidata em ciências política.
Nascimento:19 de fevereiro de 1934, segunda-feira, Iara/CE; signo – aquário.
Falecimento: 29 de julho de 2000, (sábado), na cidade de Nova Londrina, Estado do Paraná/Brasil.
Filiação: José Fernandes de Almeida e Josefa Francisca da Conceição.
Cônjuge: Lêda Soares de Almeida.
Filhos: Wilson, Osmar, Marli, Marlene, Marley e Marcesley.
Mandatos Eletivos: Vereador no Município de Nova Londrina/PR – gestões: 31/01/1973 a 31/01/1977; 31/01/1977 a 31/01/1983; 31/01/1983 a 31/01/1989; 31/01/1989 a 31/01/1993;
Prefeito do Município de Nova Londrina, Estado do Paraná, gestão: 01/01/1997 a 29/07/ 2000 (faleceu dia 29 de julho de 2000, as 4:00 horas. da manhã, dormindo em sua residência.)

Suplência e Efetivação no cargo de Vereador no Município de Nova Londrina/PR:
Mandato de: 1977 a 1983 - 1º Suplente de Vereador; assumiu por motivo de renúncia do vereador Gessé da Silva, exercendo a gestão de: 1980 a 1983.
Filiações Partidárias: Arena; PDS; PFL; PRN e PDT.
Atividades Partidárias: Presidente do PRN, 1992; PDT, 1996; Constituinte, 1990, Lei Orgânica do Município de Nova Londrina/PR
Cargos Públicos: Prefeito Municipal de Nova Londrina/PR 1997 a 2000; Presidente do Poder Legislativo Municipal 01/01/1991 a 31/01/1993 – Nova Londrina/PR; 2º Secretário, 1976/1977 – Câmara Municipal de Vereadores de Nova Londrina/PR
Atividades Parlamentares na Câmara de Vereadores de Nova Londrina/PR: Autor do projeto para a construção da Rodoviária situada na Vila Andradina; “Constituinte” 1990; foi integrante da Comissão de Sistematização como Relator Presidente, nas Comissões Temáticas como Relator – da Lei Orgânica do Município de Nova Londrina em 1990. (...).

Obs.: A Avenida Jacarezinho da cidade de Nova Londrina, passou a se chamar Av. Prefeito João Fernandes de Almeida, em sua homenagem, 2007.

Principais obras de sua Gestão:

Asfalto do Bairro Buracão;
Asfalto em algumas ruas da Vila Fumaça;
Asfalto da Vila Andradina;
Asfalto Quadra Amarela;
Posto de Saúde 24 horas;
07 a 11 de fev./1997 – Criação do 1.º carnaval de Rua de Nova Londrina/PR;
Manutenção e Ampliação de Galerias de águas pluviais do Município;
Asfalto até o seminário rumo à Sangra Seca;
Iluminação do Cemitério Municipal;
Capela Mortuária - projeto e liberação de verbas de sua gestão;
Colocou a folha de pagamento do funcionalismo em dia;
Compra de Equipamentos Hospitalares e Reestruturação do Centro Odontológico e do Posto de Saúde Municipal;
Aquisição de um Ônibus para Educação com recursos próprios do Município;
Término e Manutenção da Vila Rural Itio Kondo;
Implantação do Posto de fiscalização Municipal;
Assinou junto ao Governo do Estadual do Paraná documento que determinou que a Praça de Pedágio realize manutenção do asfalto da Rodovia de Paranavaí à cidade de Nova Londrina.
Reestruturou a frota de maquinários, equipamentos e veículos;
Compra de novos veículos e patrolas;
Aquisição da Casa do Menor para o Conselho tutelar.

O prefeito João Fernandes de Almeida reconquistou a credibilidade social, política e financeira do Município. (Esse foi sem dúvida, o seu maior legado).


          Professôra Ivanira, Dr. Vander de Melo, Dr. João de Alencar Barbosa, Arnaldo Augusto, Primeira Dama - Lêda Soares de Almeida, Prefeito João Fernandes de Almeida, Dr. Olivier Grendene, Dr. Ivan Chiamullera, Vice-prefeito Manoel Bono Belascuzas, Dr. Alaor A. Pinto, Osmar S. Fernandes, Roberto Haddad e Pedro Guirau.




Secretários do Município

Chefe de Gabinete: Prof. Osmar Soares Fernandes;
Sec. de Finanças - Sr. Pedro Guirau;
Secretaria da Administração: Arnaldo Augusto;
Secretaria da Ação Social: Lêda Soares de Almeida;k
Secretaria da Agricultura e do meio ambiente: Dr. Vander Luiz de Mello;
Secretaria de Obras: Roberto L. Haddad;
Secretaria da Educação: Profª. Cristina Alves Pinto;
Secretaria da Saúde: Dr. João de Alencar Barbosa;
Assessor Jurídico: Dr. Alaor Alves Pinto (falecido);
Chefe do Núcleo Regional da Educação: Prof. Manoel Bono Belascuzas;
Geografia e Estatística do Município: Dr. Ivan Chiamullera (falecido).

Líder do Prefeito na Câmara: Ver. Valentim Amorilo São João - Kimba.
Motorista do Prefeito: Ítalo Piva (Talinho – in-memorian – falecido em novembro de 2007).

Galeria de fotos de momentos relevantes de sua administração


Iniciou sua vida política na eleição de
1973: Candidatou-se ao cargo de Vereador:

5ª Legislatura: 31/01/1973 a 31/01/1977 –
OBTEVE - 214 VOTOS - Arena

          Vereadores: Antônio Romão da Silva; Geraldo Sellegrini; João Celestino Pires; João Fernandes de Almeida; José Barbosa; José Euclydes Gimenez; Manoel Bono Belascuzas e Pedro Alci Simão pela Arena; e Darcy Bertasi, pelo MDB.
          Nesta Legislatura, ocuparam cargos: José Euclydes Gimenez e João Celestino Pires (Presidência); João Celestino Pires e Pedro Alci Simão (Vice-Presidência); Manoel Bono Belascuzas e Darcy Bertasi (1.ª Secretaria) e José Barbosa e João Fernandes de Almeida (2.ª Secretaria). Era prefeito: Sr. Sady Paviani.

6ª Legislatura: 31/01/1977 a 31/01/1983
Obteve 106 votos - Arena

          (Por motivo de doença não pôde fazer campanha - ainda assim ficou como primeiro suplente de sua coligação)

          Vereadores: Osni Garcia; Arlindo Adelino Troian; Manoel Bono Belascuzas; Francisco Carlos Antônio; Gessé da Silva; Ivanira de Lima Vale Bianchi; João Celestino Pires, (Arena); Armando Chiamulera e Luiz Ravache, (MDB); João Fernandes de Almeida (1.º Suplente – Arena).
          Ocuparam cargos: Manoel Bono Belascuzas e Arlindo Adelino Troian (Presidência); João Celestino Pires e Osni Garcia (vice-presidência); Ivanira de Lima Vale Bianchi e João Celestino Pires (1.ªSecretaria) e Francisco Carlos Antônio e Armando Chiamulera (2.ª Secretaria).

Fato:
          João Fernandes de Almeida, foi eleito 1º Suplente de Vereador (Arena), mas, tornou-se efetivo de 1980 a 1983, por motivos de renúncia do Vereador Gessé da Silva.
          “Durante a campanha adoeceu e ficou entre a vida e a morte com a febre malária, pega no Mato Grosso, em sua fazenda perto do Município de Cláudia. O tratamento ainda era deficitário nos hospitais paranaenses; foi levado às pressas à Curitiba (capital do Paraná), onde gastou uma fortuna em seu tratamento. Por esse motivo ficou como 1º suplente”. Era prefeito: Dr. João de Alencar Barbosa.

7ª Legislatura: 31/01/1983 a 31/01/1989
303 votos - PDS

          Vereadores: Arnaldo Augusto; Idreno Gregório; João Celestino Pires; João Fernandes de Almeida; Manoel Bono Belascuzas e Valdelírio Siqueira Pimentel, (PDS); Armando Chiamulera; Carlos Alberto Bender e Luiz Flávio Ravache (PMDB).
          Ocuparam cargos: João Celestino Pires e Arnaldo Augusto (Presidência); Manoel Bono Belascuzas e Idreno Gregório (vice-presidência); Idreno Gregório e Luiz Flávio Ravache (1.ª Secretaria); Carlos Alberto Bender e Manoel Bono Belascuzas (2.ª Secretaria). Foi eleito Vereador (PDS). Era prefeito: Sr. Arlindo Adelino Troian.

8ª Legislatura: 31/01/1989 a 31/01/1993
357 votos - PFL

Presidente do Poder Legislativo: 91/93

         Vereadores: Mesa Executiva gestão: 1989/1990: Presidente - Ivan Gouvêia; vice-presidente – Ademir Luiz Rosinski; 1.º Secretário – Wilson de Abreu; 2.º Secretário – João de Oliveira; Vereadores: Arnaldo Augusto; Euclides Kerntopf; João Fernandes de Almeida; Manoel Bono Belascuzas e Valdelírio Siqueira Pimentel. (Ex-Vereador: Nélson Batistelli). Secretário do Serviço Legislativo: Pedro Alci Simão.

          Foi “Constituinte” 1990; foi integrante da Comissão de Sistematização como Relator Presidente, e nas Comissões Temáticas como Relator – da Lei Orgânica do Município de Nova Londrina em 1990; e ocupou o cargo de Presidente da Câmara gestão: 1991 a 31/01/1993.
Era prefeito, Idreno Gregório.



          Obs. "João fernandes de Almeida concorreu as eleições de 1992, como Candidato à Prefeito pelo PRN,  perdeu para o Sr. Waldir José Troian, gestão 1993 a 1996."

O adeus do Pai dos Pobres

          Faleceu em 29 de julho de 2000, às 06h00min' horas, em domicílio, na Av. Silvestre Dresch, n.º619, (sábado), Nova Londrina PR, no exercício do mandato ao cargo de Prefeito, conforme Óbito n.º1.605, talão n.º06, fls.: 105, Cartório do Registro Civil Distrito, Município e Comarca de Nova Londrina PR, (0XX44) 432-2267 Av. Severino Pedro Troian, 601, CEP- 87.970-000/ Eldemar Thomé - oficial. ÓBITO: firmado pelo Dr. Gilmar Soares de Mello CRM 15011; foi declarante: Osmar Soares Fernandes (filho); Causa da morte: sem assistência médica. Não deixou bens a inventariar... Atestado de óbito n.º 12.085.
          Declarações informais dos médicos que o assistiram em casa: Motivo da morte - enfarte fulminante (morte súbita).






“No Jornal Diário do Noroeste de Paranavaí, uma página inteira foi dedicada ao Prefeito João Fernandes de Almeida, falando um pouco de sua vida e de sua trajetória política.”

Onde o sonho também morre

Não há conforto em palavra alguma.
Não há tristeza maior que a despedida última.
Onde a dor não tem remédio.
Onde no sentimento ferido só há o tédio.
Onde o desespero não tem socorro.
Onde o sepulcro é o fim do corpo.
Não há pior partida a que de um morto.
Onde o adeus é para toda vida.
Onde o lenço não enxuga o choro.
Onde no coração fica a ferida.
Onde o luto é uma revolta.
Onde a vida fica para sempre morta.
Não há nada mais fútil que a morte.
Onde o sonho também morre.
Onde a graça da vida perde a sorte.
Onde a passagem... É uma incógnita.
Onde a saudade é o que fica e move
Um amor, que não se explica, nem se esgota.

(Poema escrito logo após seu sepultamento
pelo seu filho poeta - Osmar S. Fernandes)

Vice-Prefeito Prof. Manoel Bono Belascuzas, assumiu a gestão por motivo de óbito do Prefeito - Sr. João Fernandes de Almeida 




Prefeito manoel Bono Belascuzas gestão 31/07/2000 a 31/12/2000
mandato 5 meses e um dia


Principais Obras de sua Administração:

- Construção da Capela Mortuária (Em frente do Cemitério Municipal);
- Construção do Portal de entrada para Nova Londrina (Local - Saída para Loanda)

Era o presidente da Câmara Municipal de Vereadores:
Ver. Valdelírio Siqueira Pimentel (Lilo)
gestão - 1999/2000

                                                                                                      

11ª LEGISLATURA DO MUNICÍPIO DA CIDADE DE  NOVA LONDRINA/PR - 01/01/2001 a 31/12/2004

          12º Prefeito Eleito pelo Partido - PMDB, com 4.976, para a gestão: 01/01/2001 a 31/12/2004 -
Prefeito - Sr. Arlindo Adelino Troian - PMDB e o Vice-Prefeito - Sr. Umberto Bussadori - PSDB - mandato de 4 anos






                Prefeito Arlindo Troian e a esposa Vilma


Presidentes da Câmara de Vereadores nesse período:

Vereador Idreno Gregório - gestão 2001/2002
Vereador Valdir José Veit - gestão 2003/2004


Vereadores:

-ALVARO LUIZ GUILHERME
-VALDIR JOSE VEIT
-IDRENO GREGORIO
-VALDIR JOAO ROSINSKI
-SILVINO PEDRO ROMAN
-PAULO CESAR FRANCISCHETTI
-VALDELIRIO SIQUEIRA PIMENTEL
- DEVANIR AOARECIDO DE SANTI (DEVA)
-WINYCIUS EDGAR ROSA






12ª LEGISLATURA DO MUNICÍPIO DA CIDADE DE  NOVA LONDRINA/PR - 01/01/2005 a 31/12/2008

          13º Prefeito Eleito pelo Partido - PMDB, com 3.957, para a gestão: 01/01/2005 a 31/12/2008 - Prefeito - Sr. Arlindo Adelino Troian - PMDB e Vice-Prefeito - Sr. Umberto Bussadori- PSDB - mandato de 4 anos
























Prefeito Arlindo Troian e esposa Vilma
Vice-Prefeito Umberto Bussadori e esposa


















Presidentes da Câmara de Vereadores nesse período:

Vereador Álvaro Luiz Guilherme, gestão 2005/2006
Vereador Idreno Gregório, gestão 2007/2008



Vereadores:

Vereador PP VALDIR JOÃO ROSINSKI
Vereador PTB MÁRIO SÉRGIO SONSIM
Vereador PMDB JANE REGINA ZILIO
Vereador PTB NELSON DA COSTA
Vereador PMDB ADRIANO NIEHUES
Vereador PT ROBERTO MITSURU TSUNOKAWA
Vereador PPS RAIMUNDO XAVIER DOS SANTOS
Vereador PSDB IDRENO GREGÓRIO
Vereador PDT ALVARO LUIZ GUILHERME
        Prefeito Arlindo Troian
Inauguração de Obras realizadas pela prefeitura,
http://videolog.uol.com.br/video.php?id=338478

Inauguração da Clinica da Mulher valor R$ 250.000,00

No dia 14 de Junho de 2008, Nova Londrina teve a honra de receber o Deputado Federal Hermes Parcianello (Frangão) , para inauguração de 03 Obras que foram executadas pelo governo municipal, sendo uma delas a Unidade de Saúde (Clinica da Mulher valor R$ 250.000,00).
Inauguração da Quadra do Clube Irmão casula, valor total de R$.71.000,00.
Inauguração da Academia da Terceira Idade na praça Romeu Barbosa de Souza.

Ele também fez abertura da Pedra Fundamental, onde será construída uma Creche com 250m² no valor de R$ 950.000,00. Ao lado do Clube Irmão Caçula. 

Seminário 

13ª LEGISLATURA DO MUNICÍPIO DA CIDADE DE  NOVA LONDRINA/PR - 01/01/2009 A 31/12/2012

          14º Prefeito Eleito - Sr. Dorneli José Chiodelli - DEM -  com 3.598 votos;
Prefeito - Sr. Dornelis José Chiodelli - DEM e Vice-Prefeito - Sr. Miguel Rubens Tranin (Mike) - PPS
Coligação - (UM NOVO TEMPO) - para gestão: 01/01/2009 a 31/12/2012 - 4 anos

Partidos Coiligados: PSB - PDT - PPS (Coligação - Nova Londrina Amanhã)
                             DEM e PTB (Coligação - Nova Londrina Futura)




Mesa Diretora do Poder Legislativo 
gestão 2009/2010

Ver. Nelson da Costa (Nelson da Gráfica) - PTB
Presidente

Ver. Mário Sérgio Sonsim - PDT
1º Vice-Presidente

Ver. Raimundo Xavier dos Santos - PPS
2º Vice-Presidente

Ver. Otávio Henrique Grendene Bono (Vico) - DEM
1º Secretário

Ver. Tiago Oliveira de Sousa - DEM
2º Secretário

Verª. Albertina José da Rosa (Roberta da Copagra) - PDT
3ª Secretária

João Carlos Benedito - PSDB
Vereador

Cláudio Mantuani - PSDB
Vereador

Avaro Luiz Guilherme - PSDB
Vereador

   Fotos da posse


           Vereador Tiago (cantor), Tocando e cantando o Hino Nacional Brasileiro. Momento ímpar que marcou a posse do prefeito, vereadores e a apresentação do secretariado



A vida religiosa de Nova Londrina teve seu apogeu, quando da colonização, a criação da Paróquia de Nova Londrina, cujo Padroeiro é São Pio X. Isso ocorreu em 1º de novembro de 1955 e pertencia à Diocese de Jacarezinho, que tinha como bispo , Dom Geraldo de Proença Sigaud S. V. D.

No princípio dos anos 50 Nova Londrina foi assistida pelos Carmelitas de Paranavaí, até a criação da Paróquia, que teve como primeiro pároco o Pe. José Ernesto Bevilacqua, nascido em 19 de maio de 1921 e falecido muito jovem ainda, em 20 de agosto de 1962.

Sucederam-lhe:

Pe. Vicente Magalhães Teixeira - 1963 a 1964;

Pe. Andêlo Rotondi - 1964 a 1978;

Frei Vicente Mario Sorce - 1978

Os Carmelitas que assistiram Nova Londrina no início da Colonização eram: Freis Ulrico Goevert e José Bedin.

Com a criação da Diocese de Maringá em 1956, Nova Londrina passou a pertencer a ela e, atualmente faz parte da Diocese de Paranavaí, criada em 20 de janeiro de 1968, tendo como primeiro bispo, Dom Benjamim de Souza Gomes e, em 1986 Dom rubens Augusto Espíndola.

Em maio de 1985 vieram para Nova Londrina as Irmãs Carmelitas Servas dos Pobres, que desenvolve uma atividade religiosa fantástica.

O primeiro batizado registrado na Paróquia de Nova Londrina aconteceu em 10 de julho de 1956, refere-se a Élio, filho de Toskin Oskiro e Usulupa Oskiro. Já o primeiro casamento foi registrado em 09 de julho de 1956 e é de Waldemar Mendes de Jesus e Júlia Gonçalves de Oliveira.

Igrejas existentes em Nova Londrina

Igreja Católica Apostólica Romana;
Igreja Batista;
Congregação Cristã no Brasil;
Igreja Adventista do 7º dia;
Igreja Evangélica Assembléia de Deus de Perus;
Igreja Evangélica Assembléia de Deus;
Igreja Presbiteriana Renovada de Paranavaí;
Igreja Santuiário da Prece;
Igreja da Vó Rosa;
Igreja do Evangelho Quadrangular;
Igreja Publicadora do Reino Educional de Paranavaí;
Igreja Presbiteriana Independente;
Igreja Pentecostal - Deus é Amor.


Seminário Nossa Senhora da Consolação de Nova Londrina,

inaugurado em 13 de fevereiro de 1994




15 anos do Seminário N. S. da Consolação!

No dia 13/02/2009 o Seminário N. S. da Consolação da Ordem dos Agostinianos Descalços (OAD), situado em Nova Londrina-PR, na Diocese de Paranavaí, completará 15 anos de inauguração!


Ele foi inaugurado no dia 13/02/1994.

"Na presença do Exmo. Bispo diocesano, D. Rubens, do Prior Geral da Ordem Fr. Eugenio Cavallari, do Superior Delegado no Brasil Fr. Ângelo Possídio Carù e do povo novalondrinense, foi realizada a cerimônia de inauguração oficial e a bênção da casa religiosa, que, além dos Noviços, acolheu os seminaristas postulantes".
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A chegada da OAD em Nova Londrina

"Aos 11/02/1993 foi realizada uma solene celebração presidida por D. Rubens, com a participação do Prior Geral Fr. Eugenio Cavallari, comemorando o IV centenário de fundação dos Agostinianos Descalços e a chegada da nova comunidade religiosa" (a OAD, sendo que um de seus membros, Fr. Vicente Mário Sorce, era Pároco nessa cidade desde fevereiro de 1978). A comunidade foi formada "por Fr. Vicente Sorce, Fr. Eugenio Del Médico, Prior, Fr. Luís Kerschbamer, mestre dos Noviços, e os dez noviços que vestiram o hábito religioso no dia 10/01/1993 em Ouro Verde do Oeste-PR".

Obs: estes dados foram extraídos do livro: "Os Agostinianos Descalços", de Fr. Doriano Ceteroni, OAD.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Neste ano de 2009 o Seminário reiniciou suas atividades (após o período das férias) no dia 05 de fevereiro, acolhendo 2 padres e 9 seminaristas que cursam o Ensino Médio.

A sede do Noviciado (que desde a inauguração do Seminário N. S. da Consolação em 1994 era aqui) retornou para o Seminário Santa Mônica, de Toledo-PR.

Os seminaristas!


Na Quarta Feira de Cinzas chegaram ao nosso Seminário mais 5 jovens, vindos do Seminário Santo Agostinho, de Ampére-PR, formando assim um grupo de 14 seminaristas aqui em nossa casa. Destes, 5 estão no 3º ano, 6 no 2º e 3 no 1º do Ensino Médio.

27 out 2009
Rezemos com SANTO AGOSTINHO!!!

"Amo somente a Ti, sigo somente a Ti, busco somente a Ti, estou disposto a servir somente a Ti e desejo estar sob a tua jurisdição, porque somente Tu governas com justiça. Manda e ordena o que quiseres, mas sana e abre meus ouvidos para ouvir tuas palavras; sana e abre meus olhos para enxergar teus acenos. Afasta de mim a ignorância para que eu te reconheça. Dize-me para onde devo voltar-me para ver-te e espero fazer tudo o que mandares... Sinto em mim que devo voltar a Ti... Ensina-me, mostra-me, oferece-me as provisões para a viagem. Se é com a fé que te ecnontram os que se refugiam em Ti, dai-me Fé; Se é com a força, dá-me força; Se é com a ciência, dá-me ciência. Aumenta em mim a Fé, aumenta a Esperança, aumenta o Amor, Ó Admirável e Singular Bondade"!!!

Fonte: 
http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=69809861&tid=5301245989991166128





Um Jornal Pra Frente Porque é Pra Frente Que Se Anda

O Primeiro Jornal de Nova Londrina, publicou sua primeira edição na segunda quinzena de janeiro de 1970 -  Ano -1, Número 1.

Teve vida curta, mas movimentou bastante a cidade com suas matérias diversificadas, abordando noticiário internacional, administrativo, esportivo, educacional e outros de interesse comunitário.

Eram seus responsáveis e/ou colaboradores: Pedro Henrique do Nascimento (idealizador); Zulmira Maria Barbosa; Marlene Rigo; Ivanira Vale Bianchi (Foi Professora, Vereadora); Teobaldo Lopes; Pedro Alcy Simão e Eugênio Manzini.
Organização Judiciária de Nova Londrina, Estado do Paraná, Brasil

Inicialmente sendo Distrito Judiciário pertencente a Paranavaí, Nova Londrina teve esta posição transposta para a Comarca de Loanda, recentemente criada. Aquele fato aconteceu em 08 de maio de 1956. Posteriormente, Nova Londrina foi elevada a condição de Comarca, pela lei nº 4.667, de 29 de dezembro de 1962. Sua instalação aconteceu no dia 15 de março de 1964, com a presença do Dr. Edmundo Mercer Junior, Corregedor Geral da Justiça do Estado, além de autoridades locais e da região.
A instalação da Comarca de Nova Londrina dependeu do esforço de todos os novalondrinenses, pois era exigência do Tribunal de Justiça a construção das residências do Juiz e do Promotor de Justiça, bem como a construção do próprio prédio do Fórum. Assim sendo, coube ao Prefeito da época, o Sr. João Soares Fragoso realizar tais solicitações.
Posteriormente, foi construído um novo e moderno Prédio para o Fórum, inaugurado em 20 de janeiro de 1977, era prefeito o Sr. Sady Paviani.

Juízes Titulares da Comarca de Nova Londrina:

Ronaldt Crollmann - 27/04/1965 a 06/12/1965, (removido para Toledo);
Ângelo Ithamar Scucato Zattar - 17/03/1966 a 10/02/1967, (removido para Andirá);
Nério Spessato Ferreira - 17/04/1967 a 23/09/1969, (removido para Campo Largo);
Edgard Rubens Rieke - 04/11/1969 a 16/08/1977, (removido para Campo Mourão);
Nelson Milanez - 09/08/1978 a 13/03/1979, (removido para Primeiro de Maio);
Rubens Bittencourt - 16/10/1979 a 23/03/1982, (removido para Cambé);
Valter Parzemwski - 04/06/1982

Atuaram na Promotoria de Justiça como Titulares os Bacharéis:


Drª. Celita Alvarenga Bertotti;
Dr. Jesus Sarrão;
Dr. Jeroslau Scrobot;
Dr. Gabriel Nogueira Lustosa;
Dr. Francisco de Assis do Rego Monteiro Rocha;
Dr. Ibrahimar Andrade da Rocha;
Dr. Dirceu Sodré;
Dr. Roberto Ayres de Toledo Arruda;
Dr. Ralph Luiz Vidal, etc.

Oficiais de Justiça:

Sr. Arnaldo Augusto;
Sr. José Barbosa.

Juiz de Paz

Sr. Arlindo Santim.

Os Cartórios:

Cartório do Distrito - Serventuário da Justiça - Sr. Pedro Carvalho Duarte Sobrinho;
Após a Instalação da Comarca criou-se os Cartórios Distribuidores:
Civil e Anexos - Araki Morimatsu;
Registro Civil e Anexos - Eldemar Thomé;
Contador, Distribuidor e Anexos - Srª. Isabel Dourado Mathias;
Registro de Imóveis - Sr. Edmir James Kuhl;
Tabelionato - Auri Odorico Ferreira.

Os primeiros Registros

Nascimento - Celso Machado Cardoso em 10/05/1955;
Casamento - Alaurelino Ferreira Dorneles e Vitoria Paz dos Santos, em 29/05/1955;
Óbito - David Afonso Rodrigues, em 19/05/1955.

(Fonte - revista dos 30 anos - 1986)

Fatos relevantes da\ história:

O primeiro Representante de Nova Londrina/PR na Assembléia Legislativa - foi o Deputado Estadual Edgar Távora, que teve como principal Cabo Eleitoral, o pioneiro Sr. Armando Valentim Chiamulera.

Posteriormente essa posição de Deputado Representativo recairia sobre o político Accioli Filho.

Na gestão de 1983 a 1989 - o Prefeito Arlindo Troian apoiou o Dep. Estadual Alencar Furtado; era o Presidente da República - João Batista de Figueiredo - PDS-Militar (1979 a 1985).

Nas eleições de 1990, Nova Londrina e a Região Noroeste, elegeram para Deputado Estadual do Paraná, o Ex-Prefeito de Nova Londrina, Sr.Arlindo AdelinoTroian - agropecuarista e proprietário de uma rádio na região Noroeste. Foi eleito DEPUTADO ESTADUAL para legislatura de 1991 a 1994, além de ter sido prefeito de Nova Londrina/Pr., por três mandatos: 1983 a 1988, 2001 a 2004 e 2005 a 2008; exerceram a Presidência da República nesse período; José Sarney (1985 a 1990); Fernando Collor (1990 a 1992); Itamar Franco (1992 a 1995).

Na gestão do Prefeito João Fernandes de Almeida, 1997 a 2000 - (PDT/PFL), este apoiou e manteve o mando político com o Deputado Estadul Luiz Accorsi (PDT); Deputado Federal José Carlos Martinez (PTB), Senador Álvaro Dias e o Governador Jaime Lerner (PDT/PFL); Exerceu a Presidência do Brasil - o Sociólogo - Prof. Fernando Henrique Cardozo (PSDB), 1995 a 2003.

Deputado Estadual - Caito Quintana (PMDB) foi o representante e manteve o mando político do Prefeito Arlindo Troian (PMDB) de 2001 a 2008; Dep. Federal - Hermes Parcianello Frangão (PMDB); Gov. Roberto Requião (PMDB); Exerceram a Presidência do Brasil: Fernando Henrique Cardozo e Luiz Inácio Lula da Silva.

Na atual gestão - 2009 a 2012 - Prefeito - Sr. Dornelis José Chiodelli, o represaentante político de Nova Londrina é o Deputado Estadual - Antonio Teruo Kato, ex-prefeito de Paranavaí/PR, PMDB; Dep. Federal - Abelardo Lupião; Senador - Osmar Fernandes Dias (PDT); Governandor Roberto Requião (PMDB); Atual Presidente da República Federativa do Brasil - Sr. Luiz Inácio Lula da Silva (PT), mandatos - 01/01/2003 a 01/01/2011.



Margarida Menegussi, nascida em 28 de novembro de 1954 e falecida no dia 18 de novembro de 1966, aos 12 anos de idade. Residia próximo ao Estádio João Venâncio da Rocha, Nova Londrina/PR, filha de D. Júlia e Mário Menegussi.

Margarida está sepultada no cemitério Municipal de Nova Londrina/PR. Ela foi vítima de um acidente caseiro, queimadura de terceiro grau.

Segundo informações de sua família, fazia muito frio naquele dia, ela e seu irmão foram se aquecer no fogão a lenha, quando, de repente, uma labareda invadiu o saiote de farlett da menina e a queimou até a barriga.

A sua mãe estava trabalhando nesse momento, foi socorrida por vizinhos que a levaram ao Hospital Santa Terezinha e atendida pelo Dr. Olivier Grendene. Ficou três meses internada. A situação era grave e a menina insistiu para ir para sua casa, pois queria ver seus amiguinhos, e logo, quinze dias depois, veio a falecer.

Era religiosa, fez primeira comunhão com o Padre José Bevilácqua (foto); fazia parte do grupo “As Cruzadinhas”. Seu túmulo é visitado por devotos de toda a região Noroeste do Estado e de outras regiões.

O Pe. José Ernesto Bevilacqua, nascido em 19 de maio de 1921 e falecido muito jovem ainda, em 20 de agosto de 1962, foi o primeiro Pe. de Nova Londrina.
________________________________________


Depoimentos:


Essa menina faz milagres... Já conversei com pessoas que me disseram que ela é uma verdadeira santa.



Prof. Osmar Fernandes

Vou ao cemitério de vez em quando, aqui é uma cidade pequena, e sempre tem gente lá na capelinha dela. Realmente, ela é especial mesmo. Tem gente qua já me confidenciou alguns milagres.


Margarida é a menina milagrosa daqui. O que eu sei é que a menina morreu queimada aos 12 anos de idade, acidente caseiro... Há 40 anos. Seu túmulo (capelinha) é o mais visitado do cemitério de Nova Londrina/PR. Tem muita gente que garante que ela faz milagres... Por isso, é visitada por romeiros da região. Devotos garantem que a menina é santa.

Padre José Bevilácqua e Margarida, no dia de sua 1ª comunhão – na Paróquia de Nova Londrina/Pr., (foto).

Seu sepultamento foi feito numa cova comum. Mas, com os milagres que vem realizando, segundo muitos testemunhos, a Prefeitura Municipal resolveu edificar a capelinha na cova da menina e um cruzeiro ao lado.


Devotos da cidade e da região visitam cotidianamente a capelinha da menina santa. À medida que se espalha a notícia dos milagres realizados por Margarida, a romaria em volta de sua capela e de seu cruzeiro vai se juntando.

Muitos devotos levam rosas, velas, bonecas, doces, pirulitos, coroa de flores e uma variedade de outros objetos... Fazem de Margarida uma menina especial, um espírito de luz, uma santa.

Muita gente vai ao seu túmulo pagar promessas... Os pedidos são de toda ordem: de emprego, casamento, curas de doenças graves, de bebedeira, desavenças, etc.

O filho de um antigo coveiro, o Zé, fez promessa para menina, dizendo que se ele arrumasse emprego logo, faria um revestimento de azulejo em seu túmulo, e como teve a sua graça alcançada, pediu permissão para a família de Margarida e pagou a promessa.

Vilma, uma amiga de infância, prometeu muitas flores e mandaria rezar uma missa se arrumasse casamento, como obteve a benção, também cumpriu a promessa.

Uma senhora de Paranavaí, que me pediu sigilo sobre seu nome, pediu para a menina santa, que, intercedesse na volta do seu marido ao lar, e se isso acontecesse, daria-lhe presentes e acenderia muitas velas no seu cruzeiro, a graça foi atendida e a mulher pagou seu compromisso.

Janaína foi à sua capelinha e lhe prometera que se passasse do ano, acenderia muitas velas no seu cruzeiro, a graça foi alcançada e ela pagou a promessa conforme o prometido.
________________________________________

26/07/07
Prof. Osmar,

Que maravilha! Relatos impressionantes.
Estou emocionada... Margarida é Milagrosa!!! Meu interesse é imenso, pois, recebi meu nome - Izilda -
graças a um milagre no momento do parto... Minha avó
invocou a intersessão de Menina Izildinha.
Fomos salvas, eu e minha mãe, graças a Deus em primeiro lugar!
E à Menina Izildinha!
Que a Menina Margarida seja reconhecida!
Mesmo sem a ter conhecido, algo nela me emociona!
Muitas vezes antes de adormecer, me pego pensando nela
___________________________________________

Depoimento de Lêda Soares de Almeida



     SABE, EU ACHO QUE ELA FAZ MILAGRES MESMO, PORQUE O SOFRIMENTO DESSA MENINA FOI MUITO GRANDE. EU ACOMPANHEI SUA AFLIÇÃO EM MUITAS VISITAS... ELA ME FALAVA: "VEJA TIA... E COLOCAVA A MÃO NA BOCA E TIRAVA UM DENTINHO COZIDO, E PERGUNTAVA: "SERÁ QUE EU VOU TER OUTRO?" EU LHE DIZIA CHORANDO, SIM, VOCÊ VAI TER TODOS OS SEUS DENTINHOS. SEU CORPO ESTAVA EM CARNE VIVA E CHEIO DE BOLHAS.
     O MEU ESPOSO, JOÃO FERNANDES DE ALMEIDA, AJUDAVA AS PESSOAS QUE DELE PRECISAVA, E A MARGARIDA FOI UMA DELAS.
     ACHO QUE A MÃE DA MARGARIDA SE LEMBRA O QUANTO CHOREI COM TODO AQUELE SOFRIMENTO. EU PERGUNTAVA PARA ELA: VOCÊ ESTÁ SENTINDO MUITA DOR? E ELA ME DIZIA: "NÃO!... PAPAI DO CÉU NÃO DEIXA EU SENTIR DOR...."
     ESSA MENINA ESTAVA TOTALMENTE COZIDA. ERA UM VERDADEIRO HORROR VENDO E OUVINDO ELA CONVERSAR NAQUELA SITUAÇÃO... VIVA! APESAR DE TODO SEU SOFRIMENTO, ERA UM MILAGRE!!!


NOVA LONDRINA ESPORTE CLUBE, fundado em 1955 - 1ª presidente Sr. João Venâncio da Rocha.



Nova Londrina Esporte Clube (N.L.E.C), fundado em 11 de abril de 1955. Cores: azul e branco. O escudo simboliza o Tigre (Vale do Tigre).

O Estatuto foi totalmente reformulado, atendendo as exigências da Lei, em Assembléia Geral Extraordinária, realizada na sessão de 18 de maio de 1997. Era o Presidente o Sr. Osmar Soares Fernandes, gestão 1997/1998.

Clubes Campeões da Liga de Futebol Amador de Nova Londrina/PR


1980 - Nova Londrina Esporte Clube
1981 - Nova Londrina Esporte Clube
1982 - Sociedade A. R. Sarem
1983 - Nova Londrina Esporte Clube
1984 - Nova Londrina Esporte Clube
1985 -Nova Londrina Esporte Clube
1986 - Esporte Clube São José de Diamente do Norte
1987 - Esporte Clube Arapongas de Diamante de Norte
1988 - Esporte Clube São José de Diamante do Norte
1989 - Esporte Clube São José de Diamante do Norte
1990 - Nova Londrina Esporte Clube
1991 - S. E. Itaúna do Sul
1992 - Esporte Clube São José de Diamante do Norte
1993 - Marilena (GEMA)
1994 - Marilena (GEMA)
1995 - Nova Londrina Esporte Clube
1996 - Marilena (GEMA)
1997 - S. E. Itaúna do Sul
1998 - Terra Rica E. C.
1999 - S. E. Itaúna do Sul
2000 - Terra Rica
2001 - Terra Rica
2002 a 2004 - Não teve campeonato
2005 - Diamante do Norte Futebol Clube
2006 - Nova Londrina Esporte Clube
2007 - C. A. Itaúna do Sul
2008 - não teve campeonato
2009 - em disputa

Fotos dos Times de Nova Londrina e Times que disputam a Liga Amadora:










Em pé: ???; Goleiro - Osmar Fernandes; José Batista Delattore; César Troian;

Agachados: Volney (Negreto); Tiziu; Cezinha e Marcos Paviani



















A Associação de Moradores do Conjunto Residencial Papa João Paulo II - Nova Londrina, Estado do Paraná, Brasil (180 casas), Fundada em 28 de novembro de 1981

A Associação de Moradores do Conjunto Residencial Papa João Paulo II - Nova Londrina, Estado do Paraná, Brasil (180 casas), Fundada em 28 de novembro de 1981, foi constituída de sua Primeira Diretoria:

Presidente - Osmar Soares Fernandes

Vice-Presidente - Mário Augusto dos Santos

1º Secretário - Guilherme Ernesto Tonin

2º Secretário - Juracy de Oliviera

1º Tesoureiro - Unilson Pereira Mendonça

2º Tesoureiro - Ney Monteiro Mendonça






CARNAVAL AGORA VAI!!!

1ª Rainha - Jackeline S. G. Fernandes
Rei Momo - Val Gordo

O primeiro Carnaval de Rua de Nova Londrina aconteceu de 07 a 11 de fevereiro de 1997, Adm. Prefeito João Fernandes de Almeida. O idealizador (criador da idéia) foi o Sr. Wilson Soares Fernandes (filho do prefeito). A idéia do nome - Agora Vai! - foi do Sr. Geraldo Martins.
Pelo Decreto Executivo nº 15/97 de 23 de janeiro de 1997, foi nomeado o Presidente da Comissão Organizadora do Primeiro Carnaval de Rua de Nova Londrina/PR - Chefe de Gabinete - Prof. Sr. Osmar Soares Fernandes.

Foi constituída a Primeira Diretoria Executiva do Primeiro Carnaval de Rua de Nova Londrina - PR


Presidente de Honra -

Sr. WILSON SOARES FERNANDES

Presidente

Prof. Sr. Osmar Soares Fernandes

Primeiro Vice-Presidente

Dr. Ivan Chiamulera

Segundo Vice-Presidente

Sr. Roberto Luiz Haddad

Primeiro Secretário -

Ver. Sílvio Sebastião Dias

Segundo Secretário -

Lêda Soares de Almeida (Primeira Dama)

Primeiro Tesoureiro - Sr. Pedro Guirau

Segundo Tesoureiro - Ver. Valentim Amorilo São João (Kimba).

Suplentes:


Vereador Cláudio Mantuani; Sr. Anilton Romão da Silva; Srª. Lorena Tereza Zilio; Sr. Luiz Carlos Ferreira Aguirre; Sr. Humberto Pereira; Srª. Luzia dos Santos Rodrigues e Sr. Manoel Carlos Alves Moreira.

Conselhop Fiscal:

Vereador Maírton Piva; Pres. da Câmara Ver. Mário Pilegi Júnior; Ver. Aguinaldo Fernandes (sobrinho do Prefeito); Sra. Leny Gomes Gilglioli Fernandes e o Sr. Julio Ernesto Colla.

Assessoria Jurídica:

Dr. Alaror Alves Pinto,

Drª. Edileine Duarte Ferreira Garcia Leal.

(Foram tomadas todas as providências cabíveis e legais para a realização da maior festa popular da Região Norte/Noroeste do Estado do Paraná).

O Primeiro Carnaval de Rua de Nova Londrina/PR., aconteceu na Avenida Brasil, em frente a casa do Ex-Preito - Sr. João Soares Fragoso (Segundo Prefeito Eleito da História), com seu apoio e o aval de todos os moradores daquela circunvizinhanbça.

Depois de várias enquetes feitas pela Rádio Pontal, entrevistando o povo na Rádio via telefone e na Rua, o povo apoiou maciçamente o Carnaval de Rua do Prefeito João Fernandes de Almeida.

Rei Momo e a Rainha do Carnaval

Val Sampaio e Jackeline S. G. Fernandes

O portal de entrada da Avenida do Carnaval e toda a decoração visual contou com o apoio inconteste das noras do Prefeito - Srª Leny Gomes Gilglioli Fernandes (esposa do Osmar) e Soraya Campos Fernandes (esposa do Wison) e inúmros colaboradores e ajudantes.

Foram feitos 1000 (Mil) cartazes bem apresentáveis para divulgação do evento, distribuídos na cidade e em toda a região Norte/Noroeste do Estado. Na TV foram Trinta (30) inserções diárias - Rede Bandeirantes de Maringá/PR - as chamadas foram apresentadas pelo Presidente da Comissão Organizadora - Prof. Osmar Fernandes.

Foi colocado a disposição na Avenida do Carnaval (durante todo o evento) uma ambulância com médico e enfermeira; Viaturas da Polícia Civi e Militar; Delegacia dentro do Carnaval; Banheiros públicas nas imediações, ao lado da quadra amarela; Berçário para mais de 500 crianças na quadra amarela; 150 seguranças a disposição do Delegado; Conselho Tutelar Vigilante; Um Camarote para autoridades, etc. A Banda contratada em 1997 foi a Banda Pirapó de Arapongas/PR. O Carnaval teve a cobertura da Imprensa: Rádio Pontal de Nova Londrina; Jornal Diário do Noroeste de Paranavaí; Tv Imagem de Paranavaí - afiliada da Rede Globo de Televisão e a Tv Bandeirantes de Maringá. Como na época não havia orçamento da prefeitura destinado para esse tipo de evento, a Comissão Organizadora Vendeu aproximadamente trinta e cinco (35) espaços para barracas, parques, etc, dentro da Avenida do Carnaval, dando prioridade para as Entidades locais e região.
A comissão firmou contrato de exlusividade com a Schincariol - onde só podia ser comercializado essa bebida nas barracas do evento. Foi o contrato que praticamente oficializou o evento.

Todo o dinheiro arrecadado com as vendas de camisetas e bonés, patrocínios e vendas de espaços de barracas, foi para pagar as despesas do evento carnavalesco. Coube à Prefeitura colaborar com a mão de obra na colocação das barracas, limpeza, Segurança e Saúde.

No último dia de Carnaval era presenteado os melhores foliões com brindes arrecadados no comércio e de patrocinadores: bicicleta; troféus; rádios, CDs, bolas de futebol, bonés, camisetas, etc. O folião campeão de todos os carnavais da era do Prefeito João Fernandes de Almeida - foi o saudoso "NEGRETO".
Em 1998 - O Carnaval - Agora Vai De Novo! - Também foi comandado pelo Prof.. Osmar Saores Fernandes e toda a sua Diretoria. Foi Contratada a Banda - Brasil 2000 - o Evento aconteceu também na avenida Brasil nos mesmos moldes do anterior, com uma atração a mais - Bingo de 5 (cinco) motos em parceria com a Liga de Futebol Amadora de Nova Londrina/PR. A Avenida Brasil foi toda enfeitada com as cores da Seleção Brasileira de Futebol que disputaria naquele ano a Copa do Mundo na França - 10 de junho a 12 de julho de 1998.


Em 1999 - O Carnaval - Agora Vai Outra Vez! - aconteceu na Av., Londrina - Comandado pelo Sr. Luiz Silva (Luiz da Água) com o apoio do Prof.. Osmar Soares Fernandes - Rainha do Carnaval - Srita. Janaína Bárbara Ferreira (escolhida pelo Sr. Osmar Soares Fernandes).

Em 2000 - O Carnaval aconteceu na Av. Antônio Ormeneze, em frente a Rodoviária, na Vila Andradina, comandado pelo Sr. Roberto Luiz Haddad.























Instalada em Nova Londrina a administração central compreende o complexo gestor de negócios cujo ápice da estrutura organizacional encontra-se o conselho de administração, assistido pelo conselho fiscal e a diretoria executiva assessorada pelos diversos departamentos especializados. A administração central conta com um recém instalado sistema integrado de gestão que contempla todos o gerenciamento da cooperativa desde o recebimento da produção, industrialização, controles administrativos e contábeis de forma on-line interligando todas unidades, cuja enfoque principal é o de proporcionar funcionalidade e credibilidade nos procedimentos administrativos.

DIRETORIA EXECUTIVA (GESTÃO 2007/2010)

MIGUEL RUBENS TRANIN - Presidente

ARNO RAVACHE JUNIOR – Vice-Presidente

JAIR SÃO JOÃO – Diretor Secretário
DEMAIS MEMBROS DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

ADOLFO POLINI – Querência do Norte

GILBERTO DE ANGELO – Nova Londrina

LUIZ VALDIR MOREIRA – Nova Londrina

GUMERCINDO PEREIRA DE MELLO – Santa Cruz de Monte Castelo

SEBASTIÃO DE LUCIO MILANI – Terra Rica

KLEBER HUDSON CANASSA – Querência do Norte
CONSELHO FISCAL (2008)

MEMBROS EFETIVOS

FERNANDO MAGNO PIRES – Nova Londrina

GUSTAVO ANDRÉ TAGLIARI LUCHINI - Marilena

EDSON JOSÉ DA SILVEIRA – Nova Londrina

MEMBROS SUPLENTES:

LUIZ DE JESUS PATRÃO – Santa Isabel do Ivaí

JUAREZ EPIFÂNIO VIEIRA - Loanda

DRa MARIA CLAUDIA FIORAMONTI – Itaúna do Sul

Galeria de Diretores e Presidentes:


Atual Presidente - Dr. Jonas Kondo
Para gestão - 11/03/2011 a 11/03/2014


No início dos anos sessenta, o café era o ouro verde no extremo noroeste do Estado do Paraná, atraindo inúmeros imigrantes de todos os cantos do país.

Apesar dessa riqueza toda, a precariedade das estradas e o distanciamento das industrias, prejudicavam a viabilidade econômica de nossas propriedades, tendo em vista a perniciosa atuação de intermediários cuja aquisição da produção agrícola lhes rendiam vultuosos lucros às custas do trabalho árduo e honesto dos nossos produtores.

Inconformados com aquela situação, em 18 de novembro de 1962, 39 produtores de Nova Londrina, incentivados pelo líder cooperativista, Leonardo Spadini, fundaram a COPAGRA - Cooperativa Agraria dos Cafeicultores de Nova Londrina.

O primeiro investimento foi a implantação de uma máquina de beneficiamento de café.

O café, alem de grande gerador de riquezas, foi também o inspirador do cooperativismo regional.

O ciclo do café impulsionou a agregação de novos associados e proporcionou a expansão da área de ação da Copagra para diversos municípios da região. A expansão dos negócios da cooperativa obedecia uma evolução contínua e promissora para todos os associados e com grandes reflexos em toda a sociedade. Nos áureos tempos a produção recebida pela Copagra chegava a 200 mil sacas de café beneficiado por ano. Solidificava-se a partir daí uma eficiente infra-estrutura para recebimento, benefício, armazenagem e comercialização da produção.

No final da década de sessenta a linha de negócios da Copagra abria espaço para mais um produto de grande importância para sua história: o algodão.

O ciclo do algodão na Copagra se deu após a implantação da primeira usina de beneficiamento , em Nova Londrina, em 1968, e posteriormente em Naviraí, Mato do Grosso do Sul , Querência do Norte, Paraná e, mais tarde, em Glória de Dourados, também no Mato Grosso do Sul.

A produção recebida e beneficiada chegava ao volume de três milhões de arrobas de algodão em caroço por ano. Por vários anos o algodão representou boa parte do faturamento geral da cooperativa.

Durante este período a Copagra chegou a contar com 05 entrepostos no Estado do Mato Grosso do Sul, 01 entreposto no Estado do de São Paulo e 07 entrepostos no Estado do Paraná.

Com o agravamento da crise econômica brasileira, a partir da década de 90, graves reflexos sombrearam todo o setor agropecuário nacional. A agricultura mergulhou numa de suas mais sérias e duradouras crises.

Repensar os destinos da cooperativa passava por um exercício de extrema sensibilidade administrativa, cuja razão deveria predominar incontestavelmente sobre a emoção da história. Administrar a crise, salvaguardar o patrimônio coletivo e buscar novas alternativas eram as grandes diretrizes do planejamento a ser implantado.

Hoje a Copagra retoma o caminho da prosperidade através da modernização do modelo de gestão, investimento no capital humano, planejamento estratégico de atividades e um plano de desenvolvimento econômico sustentado.

A definição das linhas de negócios da cooperativa contempla a cana de açúcar para produção de álcool anidro, álcool hidratado, álcool industrial e futuramente o açúcar; mandioca, para a produção de fécula e amidos modificados; café, arroz, soja , milho, algodão, leite e laranja. Todas elas alicerçadas pelo fornecimento de insumos agropecuários, assistência técnica, agronômica e veterinária, e, recebimento, armazenagem e comercialização da produção, tendo como enfoque principal o desenvolvimento sustentável da comunidade cooperativada, cujo fundamento doutrinário é a pessoa do homem-associados.


A eleição a Copagra aconteceu 
dia 11 de março de 2011




          A última sexta-feira, dia 11, foi um dia importante para os municípios de Marilena, Terra Rica, Loanda, Santa Cruz de Monte Castelo, Querência do Norte, Santa Isabel do Ivaí, Planaltina do Paraná e Nova Londrina, com a eleição do novo presidente da Copagra. O advogado Jonas Kondo foi eleito presidente da Cooperativa, com uma diferença de 2 votos. O deputado estadual Teruo Kato acompanhou o processo eleitoral.

          A cooperativa que possui 900 associados diretos e mais de 2.500 indiretos, reuniu aproximadamente 1.000 pessoas para eleição. O Deputado Teruo Kato acompanhou o processo eleitoral da Copagra onde teve a oportunidade de conversar com vários dos associados, ouvir seus anseios e expectativas com relação ao mercado. “É importante que todos participem, aqui as pessoas participam, trazem suas famílias, se envolvem num processo que é de interesse de todos”, disse o parlamentar.
     A chapa vencedora “Novos Rumos” recebeu 287 votos, contra 285 da “COPAGRA Unida”, encabeçada por Miguel Tranin que concorria à reeleição. Votos em branco e nulos somaram 18.

          Conheça a nova diretoria da COPAGRA: 


Com a atuação de 2.593 cooperados e um quadro funcional de 701 colaboradores efetivos, a COPAGRA baseia sua administração no tripé cooperados-diretoria-colaboradores. A perfeita integração entre eles torna-se a cooperativa uma das maiores do Noroeste Paranaense. 




Diretor presidente
Jonas Keiti Kondo - Nova Londrina

Diretor Vice-presidente
Osvaldo Zanqueta - Terra Rica

Diretor Secretário
Ricardo Mendes dos Santos - Nova Londrina

Diretores Conselheiros:

Pascoal Pilotti - Loanda
Valdecir José Pereira - Santa Isabel do Ivaí
Geraldo Fernandes Martins - Santa Cruz de Monte Castelo
Amauri Sposito - Querência do Norte
Wlademir Gomes da Penna - Terra Rica
Ricardo Tadeu Giacobbo - Marilena

Conselho Fiscal: 
Efetivos: 

Sérgio Henrique dos Reis;
Amilcar Woehl;
José Lopes Pires.

Suplentes

Noêmia de Souza;
Elizio Nunes;
Manoel Fernandes Guedes. 


Organograma:




 Fonte: http://www.diariodonoroeste.com.br/novo/noticia_det.php?cdnoticia=40958


Referências

↑ os,1,0 1,1 Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
 Estimativas da população para 1º de julho de 2009 (PDF). Estimativas de População. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (14 de agosto de 2009). Página visitada em 16 de agosto de 2009.
↑ 3,0 3,1 Produto Interno Bruto dos Municípios 2002-2005. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (19 de dezembro de 2007). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
 Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.

5.Revista "Nova Londrina 30 anos". Edição: Jornal "Diário do Noroeste". Pvaí,Pr 1986

6 . Desenvolvimento - Prof. Osmar Soares Fernandes - Historiador.

Fotos históricas:






















































Autor -  Osmar Soares Fernandes

3 comentários:

  1. Caro ou(a) colega gostaria de comentar que achei muito interesante e quero parabenizar quem fez esta matéria.

    Estou muito grato por saber que o nome do meu pai ainda permanece em Nova Londrina.

    Sou filho do ex Presidente - Ver. Sebastião do Nascimento Lopes (PSD)
    Mesa Diretora gestão 1958,

    Ele ainda exerce a profissão que exerceu a muitos anos em Nova Londrina como dentista.

    Meu pai ainda esta vivo e continua trabalhando e com muita saúde,aqui em São Paulo/Sp.

    Eu estou para viajar para Nova Londrina pois pretendo escrever um livro contando a vida de meu pai um grande homem,a qual ajudou a criar esta cidade.

    Fico feliz mesmo do fundo de meu coração por ter encontrado 2 fotos enclusive a do bar maracanã onde em cima no 2º andar foi uma das clínicas dele.

    Por favor quem tiver mais doc. ou fotos com participação dele,enviar para binhobrisaaa@yahoo.com

    Grato des de já.

    ResponderExcluir
  2. UM DOS VEREADORES DA PRIMEIRA LEGISLATURA ERA NATURAL DE CARIRA, EM SERGIPE. ERA O SENHOR FELINTO DE SOUZA FREIRE, PRIMO DE MINHA AVÓ MATERNA.
    NA ÉPOCA CARIRA ERA APENAS UM POVOADO.

    MARCOS DE SOUZA, DE CARIRA-SE

    ResponderExcluir
  3. e aqueles que nasceram em 1952, que nao aparecem , mas moravam em nova londrina ..........crispim

    ResponderExcluir

Obrigado por participar! volte sempre e divulgue este blog; faça dele sua leitura virtual diária... Toda sugestão criativa é bem-vinda!

"SEU MUNDO É DO TAMANHO DO SEU CONHECIMENTO".